Saiba o que é Tik Tok e veja dicas para posicionar a sua marca nessa nova rede social!

Avatar Autor
Publicado por Ingage em 16 de abril de 2020
Atualizado em 6 de julho de 2020

Continuamente surgem novidades na internet. E quem trabalha com marketing, precisa estar atento a essas inovações, de modo a incluí-las nas suas estratégias digitais. Uma que tem deixado as pessoas com dúvidas é a rede chinesa Tik Tok. Você não sabe o que é Tik Tok?

Embora o termo ainda seja pouco usual, é bem provável que você já tenha se deparado com vídeos curtos de danças, clipes e dublagens se espalhando pela rede. Desde 2018, a rede Tik Tok tem crescido em número de downloads e começou a fazer frente diante das gigantes coordenadas pelo Facebook.

Quer entender melhor o que é Tik Tok e como usar essa rede social nas suas estratégias digitais? Continue a leitura!

O que é Tik Tok?

Tik Tok é um aplicativo que tem a função principal de gravar vídeos curtos entre 15 a 60 segundos, no máximo. O app conta com uma série de recursos, sendo o mais conhecido o de dublagem, que permite aos usuários dublar músicas e vozes engraçadas, além de produzir conteúdos leves.

Os usuários podem gravar seus vídeos diretamente pelo aplicativo, adicionando emoticons, acelerando e usando os vários recursos do Tik Tok ou gravar e editar em outros programas e depois subir esses vídeos para a plataforma.

Para engajar os usuários, continuamente o aplicativo é atualizado, com novos efeitos e biblioteca de música. Outro destaque é o TikTok Challenges, uma competição criada pelos usuários, em que cada participante deverá produzir vídeos com temas específicos escolhidos pela plataforma.

História do Tik Tok

O início do Tik Tok está atrelado ao Musical.ly, outro aplicativo de vídeos curtos que fez bastante sucesso na internet ao permitir que os usuários dublassem músicas famosas, como em um karaokê.

Em 2018, o Musical.ly foi incorporado ao Tik Tok e desde então se tornou extremamente popular entre os jovens, primeiro da China e depois de todo o mundo.

Hoje ele é um dos aplicativos mais baixados, com 1,5 bilhão de downloads, com 614 milhões de instalações no Android e no Iphone somente em 2019. Isso coloca o Tik Tok como o terceiro programa mais baixado do ano passado (sem considerar os jogos), ficando apenas atrás do WhatsApp e do Facebook Messenger, mas a frente do Instagram e do Facebook.

Entre os países em que o aplicativo é mais popular, a liderança é da Índia, com 466,8 milhões de downloads, ou 31% do total. Depois, vem a China, com 173,2 milhões, seguida pelos Estados Unidos, com 123,8 milhões.

Como forma de “rivalizar” com o aplicativo chinês, recentemente o Instagram adicionou o recurso Cenas ao Stories, que tem um funcionamento semelhante ao Tik Tok. O recurso ainda está disponível apenas em fase de teste no Brasil. A função permite os usuários criarem cenas curtas e agrupá-las em um vídeo maior para ser publicado nos Stories, com músicas e efeitos.

Motivos do crescimento

O crescimento exponencial do Tik Tok não é por acaso. Antes do aplicativo ser lançado, a empresa chinesa ByteDance (responsável pelo Tik Tok), já tinha uma estratégia de segmentação de mercado bem definida, focando seus esforços no público jovem que gosta de música.

O primeiro teste foi feito com o Musical.ly que rapidamente atingiu um grande sucesso entre o público, fazendo com que os chineses percebessem a boa oportunidade de negócio.

A partir de então, a ByteDance adquiriu o Musical.ly visando ampliar sua atuação e começou a explorar o mercado ocidental, fazendo com que houvesse um aumento significativo no número de downloads.

A transição de um aplicativo para outro também foi muito simples, o que contribuiu para a popularidade. Quem tinha o Musical.ly instalado pode perceber que, de um dia para o outro, o aplicativo mudou de nome e passou a ter novas funções. Embora a estratégia tenha sido bastante criticada, ela foi fundamental para alcançar os resultados que expomos.

Afinal, a ByteDance aproveitou a base de usuários que a Musical.ly já tinha para inserir a proposta nova do Tik Tok. Ainda que muitos tenham desinstalado o aplicativo devido à atitude, outros resolveram testar a solução e acabaram se engajando ainda mais, graças às novas funcionalidades apresentadas.

Além disso, a empresa usou algumas estratégias para alavancar sua popularidade. Por exemplo, contando com a presença de diversas celebridades que ajudam a promover o aplicativo para o público local.

Outro atrativo interessante do app e que funciona como tática para atrair os usuários é o conteúdo localizado. Ou seja, embora o Tik Tok seja um aplicativo global, ele realiza desafios e concursos locais, capturando tendências por meio das hashtags. O app também envia recomendações personalizadas a cada usuário, garantindo mais atualização e engajamento.

Monetização

A ByteDance não realizou toda essa operação à toa, afinal, existe uma grande possibilidade de os empresários ganharem dinheiro com o aplicativo, principalmente vendendo publicidade.

Os primeiros anúncios começaram a ser testados em 2018. Com um número de usuários cada vez maior, o interesse das empresas passou a aumentar. Hoje o Tik Tok trabalha com uma publicidade segmentada, ou seja, que tenha interesse real para os usuários.

Assim, como a maioria do público é de jovens, as empresas anunciantes são as que oferecem produtos e serviços para essas faixas etárias.

Outra maneira de monetização é por meio de doações de seguidores. Os usuários conseguem receber transferências e o aplicativo fica com uma porcentagem sobre essas operações.

Da mesma forma como em outras redes, no TikTok também existem os influenciadores digitais, chamados de musers – que são especializados no aplicativo e ajudam a divulgar a plataforma e as empresas anunciantes.

Como o Tik Tok funciona?

O Tik Tok funciona de maneira semelhante ao antigo Musical.ly, sendo que a principal função do aplicativo é estimular o compartilhamento de vídeos. Depois de o usuário baixar o app e realizar seu cadastro, ele já poderá produzir, publicar e interagir com os demais.

Como os vídeos são curtos, o engajamento também é maior, além da imensa possibilidade de interação e recursos oferecidos. Vamos ver em detalhes.

Edições e dublagens

O Tik Tok conta com um acervo de músicas que podem ser dubladas, o que facilita a brincadeira e estimula os downloads. Existem usuários bastante famosos pelos seus vídeos e que contam com milhões de seguidores, uma característica que faz o Tik Tok se assemelhar ao Instagram.

Inteligência Artificial

A inteligência artificial não é novidade nas redes sociais. No Facebook e no Instagram, ela é responsável por definir quais conteúdos aparecerão na timeline dos usuários, com base nas pessoas que você segue.

Contudo, no Tik Tok, esse sistema é um pouco diferente. Isso porque a IA trabalha para que cada usuário encontre mais conteúdos a sua disposição logo ao acessar a rede.

O programa analisa as suas interações e preferências e, sozinho, sugere novos conteúdos, entregando para cada usuário exatamente aquilo que ele deseja e espera ao usar o Tik Tok, algo bastante viciante e que gera muito mais engajamento.

Hashtags

As hashtags também estão presentes no Tik Tok, ajudando a segmentar os conteúdos por temas. Assim os usuários conseguem aumentar suas visualizações e seus perfis ganham mais visibilidade.

Catálogo de músicas

Se você quiser gravar um vídeo, poderá acessar a um catálogo de músicas organizadas por categorias (internacionais, nacionais, gêneros musicais, lançamentos etc.), melhorando a experiência e tornando a navegação ainda mais rápida e intuitiva.

Também é possível visualizar o artista e a música presentes nos vídeos dos seus amigos.

Mixagens de áudio

O aplicativo permite que você realize edições no áudio dos vídeos gravados diretamente na plataforma ou de upload do seu celular. É possível mixar o som ambiente e o da música, aperfeiçoar o áudio, reduzir os ruídos e uma série de funções.

Mensagens

Assim como as redes de Zuckerberg, o aplicativo chinês também permite o envio de mensagens diretas, aumentando a interação do público.

Efeitos visuais

O aplicativo ainda conta com uma grande variedade de efeitos visuais para editar seus vídeos, como filtros, máscaras, adesivos e outros.

Como usar o Tik Tok na estratégia de marketing?

Já deu para notar que o TikTok é uma tendência forte, principalmente entre o público jovem, não é mesmo? Se essas pessoas são o alvo da sua empresa, que tal investir na rede social para se destacar?

Existem várias maneiras de conseguir isso, por exemplo, usando os concursos e desafios do Tik Tok para estimular os usuários a criarem conteúdos que promovam as marcas.

Muitas empresas também estão aproveitando as hashtags para alavancar as suas campanhas de marketing. Um exemplo bacana é a campanha #InMyDenim da Guess, um concurso que impulsionou os usuários a criarem conteúdos usando jeans e a hashtag.

As marcas ainda podem colaborar com as celebridades e influenciadores da rede, desenvolvendo conteúdo promocional específico. Essa é uma ação já bastante explorada em outros setores, a diferença é no formato: os vídeos devem ser curtos, contagiantes e envolventes.

Vale a pena investir no TikTok?

O TikTok é um aplicativo relativamente recente, mas que tem crescido bastante em termos de popularidade em todo o mundo e também no Brasil. Seu foco é principalmente entre os adolescentes.

Então, se esse é o público da sua marca, vale a pena estar presente em uma rede em ascensão, criando conteúdos diferentes, engraçados e envolventes. Essa pode ser uma forma de “sair na frente” da concorrência.

Outra vantagem é que os custos associados são menores para montar uma estratégia de marketing no TikTok do que em outras redes que necessitam que as empresas paguem para conseguir alcance, sendo uma boa opção para empresas com orçamentos menores destinados ao marketing.

O futuro do TikTok

Contudo, é preciso lembrar que não existe nenhuma garantia de que o aplicativo se manterá nos próximos anos. Afinal, outros já surgiram, se tornaram uma verdadeira “febre” e acabaram “morrendo” ou sendo engolidos pelos grandes.

O Facebook já prepara um contra-ataque. Além das atualizações nos Stories que citamos, Zuckerberg recentemente lançou um novo aplicativo, o Lasso, uma plataforma para criação de vídeos rápidos e de humor, que deverá competir com o Tik Tok.

Mas, até que essa nova tendência pegue, o Tik Tok é uma maneira diferenciada de posicionar a sua marca e de conseguir mais visibilidade entre o seu público.

Conclusão

Neste conteúdo você descobriu o que é Tik Tok e aprendeu que este é um dos aplicativos que mais cresce em termos de popularidade ultimamente. Voltado para a produção de vídeos curtos e dublagens, ele tem conquistado o público jovem – e pode ser uma grande oportunidade para as empresas que trabalham com essas pessoas.

Agora que você já sabe o que é Tik Tok, que tal continuar por dentro das principais novidades do marketing digital? Assine a nossa newsletter e receba os conteúdos do blog diretamente no seu e-mail!

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!