Pinterest ou Instagram: Qual o melhor para a minha estratégia?

Guilherme Harrison
Guilherme Harrison - 8 de Abril de 2016

ATUALIZAÇÃO: Clicando aqui você confere um artigo ainda mais atualizado sobre a escolha entre Pinterest ou Instagram em nosso blog!

Não é à toa que redes sociais visuais como Pinterest e Instagram estão dando o que falar entre as marcas e os consumidores. O cérebro humano gosta de estímulos visuais. Pessoas processam imagens 60.000 vezes mais rápido do que texto e 90% das informações transmitidas ao cérebro é baseado em imagens.

Se a sua empresa pretende atuar nesta linha estratégica de comunicação de marca, mas você não sabe qual das plataformas utilizar, acompanhe as nossas dicas. Pinterest ou Instagram: confira as diferenças entre os dois e escolha qual se identifica mais com o seu negócio!

 

Qual é a diferença entre Pinterest e Instagram?

O Pinterest surgiu para simular um quadro de avisos virtual, que permite aos usuários compartilhar imagens e links inspiradores. Os compartilhamentos das imagens são chamados de “pins”, que podem ser colocados em “boards ” (ou murais) temáticos que os usuários personalizam para cada tema. A ideia da plataforma é permitir que os usuários colecionem e organizem suas preferências, e não simples imagens. Com isto, os usuários conseguem criar listas de interesses, planejar viagens, projetos e até mesmo eventos!

 

Já o Instagram, por outro lado, é um aplicativo de compartilhamento via dispositivos móveis com sistema operacional IOS e Android, que permite aos usuários compartilhar fotos com seus seguidores. Depois que os usuários tiram as fotos, eles selecionam filtros para adicionar um toque “descolado” às suas imagens.

A definição certeira virá da análise do público-alvo: o da sua empresa e o de cada uma delas

O Pinterest é uma rede social que vem crescendo consideravelmente. Atualmente possui mais de 70 milhões de usuários no mundo. De acordo com pesquisas sobre hábito social e um estudo realizado pela do Centro de Pesquisas Pew Internet & American Life Project, no final de 2012, os usuários da rede seriam predominantemente do sexo feminino. Na verdade, as mulheres são responsáveis, hoje, por 70% dos perfis do Pinterest, cerca de cinco vezes mais propensas a usar a ferramenta de scrapbooking virtual do que os homens. Quando o assunto corresponde à faixa etária, a rede atrai muitos usuários entre 18 e 34 anos de idade, o que representa 56% dos cadastros.

Já o Instagram tem mais de 150 milhões de usuários ativos mensais pelo mundo. Comparado com o Pinterest , os homens e as mulheres estão mais uniformemente representados na rede, embora a aplicativo ainda tenha uma pequena maioria do sexo feminino (55 % dos usuários). 67% de seus usuários, assim como o Pintrest, estão entre as idades de 18 e 34 anos. A popularidade cai drasticamente com o público mais velho.

Como as marcas usam Pinterest e Instagram?

Ambas as redes  proporcionam oportunidades de engajamento, relacionamento e fidelização para as marcas. O conteúdo visual cria uma conexão emocional com a audiência (seus colaboradores, clientes, parceiros e fornecedores) e fornece a eles maior proximidade com a marca.

Mas qual a melhor rede para a minha estratégia?

Os públicos de ambas são similares e o formato, apesar de suas especificidades, tem como premissa um mesmo objetivo: impacto através de imagens ou vídeos curtos. O Pinterest tem seu funcionamento no Facebook, a maior rede social da atualidade, e através do Google+, o que propicia um grande potencial de alcance a todos que estão nestas redes.

Em contrapartida, o Instagram funciona como um “clube privado”. Apesar de ter sido comprado pelo Facebook e permitir o compartilhamento das imagens, apenas conseguem realizar publicações pessoas com smartphones ou tablets com sistemas operacionais IOS e Android. As demais podem criar perfis, acompanhar e curtir publicações por desktops, mas não participam efetivamente da ferramenta.

A definição por qual destas redes sociais utilizar deve seguir a tendência de uso do seu público-alvo. Ambas trazer retorno significativo para a imagem da empresa, mas a escolha deve ter como critério um maior alcance do seu target. Para isto, realize pesquisas, faça testes e acompanhe as tendências e comportamento do seu consumidor.

Posso participar de ambas?

Claro! A participação em uma não exclui a possibilidade de estar também na outra. Contudo, o mais indicado é manter o mínimo de canais possíveis para se trabalhar de forma efetiva. Ao contrário do que se pensa, melhor do que estar em muitas redes sociais é estar em poucas, mas bem trabalhadas.

Faça uma análise do seu público-alvo e decida qual ferramenta é melhor para o seu negócio. Desenvolva uma estratégia atraente e lembre-se: estar em qualquer uma delas sem capacidade de gerenciá-las com sucesso, em vez de trazer resultados pode acabar sendo um “tiro no pé”!

Se ainda assim precisar de ajuda para a definição da melhor estratégia, conte com profissionais especializados para um melhor posicionamento da sua marca na web. Fale Conosco!