Voice Search: saiba como usar o SEO para a pesquisa por voz

Publicado por Ingage em 7 de maio de 2021

Estar com as mãos ocupadas ou longe de um dispositivo móvel e, mesmo assim, conseguir buscar o que deseja na internet é uma das praticidades possíveis graças à pesquisa por voz. O Voice Search teve sua ascensão motivada pelo desenvolvimento dos assistentes virtuais, como a Siri da Apple e a Alexa da Amazon.

Tendo em vista que as pesquisas por comando de voz cresceram 47% durante a pandemia, as empresas precisaram colocar essa ferramenta em seu radar. Afinal, otimizar conteúdos para o Voice Search gera oportunidades para o negócio, sobretudo quando há investimento em SEO.

Para alcançar tal benefício, o primeiro passo é compreender a pesquisa de voz, sua importância e as estratégias de SEO que se alinham à ferramenta.

Saiba o que é e como funciona a pesquisa por voz no Google

A pesquisa por voz é feita quando o usuário aciona o microfone de seu dispositivo para fazer alguma busca no Google. O grande benefício é a facilidade de encontrar as respostas desejadas sem precisar digitar palavras-chave no buscador.

Os smartphones, tablets e notebooks foram os primeiros alvos da implementação de ferramentas de comando por voz. Hoje, as smart TVs também passam pela integração dos assistentes virtuais, para agilizar a busca dos usuários — afinal, digitar por meio do controle remoto não é uma tarefa fácil.

O funcionamento se dá por meio de tecnologias de Inteligência Artificial. O microfone do dispositivo capta o áudio da sua fala e transforma em texto para realizar a busca no Google. Inclusive, a marca foi a primeira a se atualizar para favorecer os usuários em relação ao Voice Search.

Com o Hummingbird, atualização de 2013, o buscador passou a relacionar melhor três fatores essenciais para as pesquisas por voz: intenção de busca, contexto e dúvida real. Logo, os resultados se tornaram mais humanizados e eficientes para os usuários.

Entenda a importância do Voice Search e por que seu uso vem crescendo

O estudo mencionado na introdução ainda aponta que 48% dos brasileiros fazem pesquisas por voz ao menos uma vez na semana. Inclusive, a tecnologia caiu tanto nas graças das pessoas que 52% aceitariam pagar a mais em um dispositivo móvel só para ter o Voice Search.

Em um mercado dominado por avanços da Internet das Coisas e Inteligência Artificial, o segmento que envolve os comandos por voz pode alcançar U$ 26,76 bilhões de faturamento até 2025. Ou seja, o que antes era uma novidade de inovação para o Marketing já se transforma em uma prioridade.

O motivo para todo esse interesse vai além da praticidade. O Voice Search ganhou seu público e continua se expandindo por ser 3,7 vezes mais rápido do que uma pesquisa digitada, segundo pesquisa. Para profissionais com rotinas agitadas, por exemplo, é a ferramenta ideal, principalmente, para realizar múltiplas tarefas ao mesmo tempo.

Veja 5 dicas para otimizar seu blog e site para pesquisa de voz

Investir na experiência do usuário é prioridade para os negócios que desejam vantagens competitivas no mercado. Logo, inserir essas integrações no planejamento de conteúdo para que o blog ou e site da empresa sejam compatíveis às pesquisas por voz, é essencial. Entre as estratégias de SEO para conquistar resultados de visibilidade com o Voice Search, estão as seguintes.

mulher pensando em como fazer a sua pesquisa por voz

1. Escolha as palavras-chave corretas

Pesquisas digitadas, geralmente, priorizam palavras-chave mais técnicas e curtas. Já as dadas por comandos de voz consideram a informalidade de conversas e a simplicidade das falas. Então, você pode trabalhar com mais detalhes nesse quesito para responder à intenção de busca dos usuários.

As palavras-chave de cauda longa, ou long tails, em formatos de pergunta são mais indicadas para esse propósito, a fim de responder às principais dúvidas do público. Para um empreendimento alimentício que venda tortas em São Paulo, por exemplo, em vez de trabalhar “torta de frango”, seria preferível investir em “onde encontrar torta de frango em São Paulo?”.

2. Opte por respostas eficientes

Nesse mesmo raciocínio, vale escolher as palavras para compor os parágrafos de modo a dialogar com o público, como em uma conversa informal. Evite termos complicados, ordem inversa das frases, jargões, entre outros recursos mais robustos. Opte pela simplicidade e objetividade, com respostas que vão direto ao ponto.

Ter uma página de perguntas frequentes (FAQ) pode contribuir para essa estratégia. Isso auxilia a otimizar a experiência do cliente e a usabilidade da página, sobretudo quando relacionada com o Voice Search.

3. Faça a otimização para mobile

Em tempos de uso massivo de dispositivos móveis, termos como “mobile friendly” e “mobile first” ganham força. É preciso ter em mente que, na maioria dos casos, as pesquisas serão realizadas por meio de smartphones ou outros devices. Então, as páginas devem ser otimizadas para esses aparelhos.

Além de a resposta aparecer de forma fluida no dispositivo, sem quebras ou outros problemas, o tempo de carregamento deve ser bem ágil. Afinal, o usuário não vai esperar a abertura da página por muitos segundos, somente porque oferece a oportunidade de pesquisa por voz. Ele deseja algo simples, dinâmico e funcional.

4. Esteja na primeira página

Grande parte das respostas para pesquisas por voz é encontrada nos featured snippets, os trechos que aparecem em primeiro lugar na SERP do Google. Conquistar a posição zero, então, é uma boa estratégia de SEO para dar visibilidade à sua página.

Os snippets são respostas consideradas relevantes pelo buscador. Para criar textos eficientes o bastante para a conquista dessa posição, vale apostar em parágrafos curtos, que atendam à intenção de pesquisa logo nas primeiras palavras. Assertividade e agilidade são palavras-chave para essa construção.

5. Cadastre a empresa no Google Meu Negócio

Esse recurso permite cadastrar as principais informações da empresa, úteis ao público: localização, horário de funcionamento, site institucional, catálogo de produtos, entre outros. Avaliações de clientes e fotos enviadas por eles também ajudam a aumentar a visibilidade da marca, que tem promotores espontâneos a seu favor.

Como um dos focos das pesquisas de voz estão na localização, essa ferramenta auxilia que a audiência encontre a sua empresa com maior facilidade. Ainda no exemplo da busca por estabelecimentos alimentícios (“qual a padaria mais próxima?”), o Google pode oferecer como resultado a sua marca.

A pesquisa por voz é mais um recurso para potencializar as estratégias de SEO do site e do blog do seu negócio. As empresas que desejam ter maior visibilidade e atender às novas demandas dos usuários devem priorizar o uso dessa ferramenta.

Para que as suas estratégias de Marketing Digital aproveitem o poder do áudio de diferentes formas, avance para o próximo conteúdo sobre razões para investir em podcasts.

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!