Saiba o que é marketing verde e porque ele está em evidência!

Avatar Autor
Publicado por Alexandre Monteiro em 30 de outubro de 2020
Atualizado em 3 de novembro de 2020

Diretor comercial e cofundador da INGAGE, Alexandre Monteiro atua na área de Marketing Digital e é responsável pela geração de novos negócios.

Cada vez mais a sustentabilidade tem se tornado um tema de importante debate entre a sociedade e as empresas. Diversas ações ambientalmente corretas e que buscam transformar a nossa sociedade têm sido chefiadas por companhias de todo o mundo. Dentro desse contexto, o marketing verde ganha ainda mais importância.

Será que a sua empresa tem estado em sintonia com esse novo modo de produzir e também de pensar as ações de marketing? Siga e leitura e entenda melhor o tema!

O que é marketing verde?

Também chamado de marketing ambiental, ecomarketing ou marketing ecológico, o marketing verde é um movimento que envolve as empresas ligadas à sustentabilidade e que visam colocar no mercado produtos que sejam ambientalmente responsáveis.

Mais do que desenvolver produtos “verdes”, a empresa deverá ter uma postura sustentável em toda a sua linha de produção, visando reduzir o impacto ambiental na sua cadeia produtiva, desde a escolha das matérias-primas, passando pelo processamento e embalagem, até a distribuição e o descarte.

Assim, com um apelo ambiental bem forte, o marketing verde visa vincular a imagem de uma marca à ideia de sustentabilidade e de empresa ecologicamente consciente. As ações de marketing buscam mostrar a esse público mais ligado às questões ecológicas que a empresa se preocupa em adotar um posicionamento sustentável em toda a sua cadeia produtiva e também na inovação de produtos e serviços.

Como funciona o marketing verde?

megafone com elementos de sustentabilidade representando o que é marketing verde

Para entender como esse tipo de marketing funciona, é importante explicarmos alguns princípios que o norteiam. Assim, é essencial que, antes de buscar divulgar a sua marca como “amiga da natureza”, a sua empresa seja: ecologicamente correta, economicamente viável, socialmente justa e culturalmente aceita.

Na prática, vemos que a sustentabilidade não engloba apenas ações ambientais, mas também deve haver uma preocupação econômica, social e cultural.

Ou seja, não estamos apenas falando de divulgar a sua empresa como se ela fosse sustentável, mas sim de buscar desenvolver ações que realmente tragam essa postura.

Caso contrário, você apenas estará praticando o que é conhecido como greenwashing (lavagem verde), que ocorre quando uma empresa tenta enganar seu público divulgando informações falsas. No caso, a marca afirma ser sustentável, porém, na prática produtiva, acaba não sendo essa a realidade.

Como surgiu o marketing verde?

O marketing verde está atrelado a uma nova necessidade do consumidor. Assim, as ações de marketing ecológico buscam despertar na população em geral uma consciência acerca da sustentabilidade.

A primeira vez que ações do tipo começaram a ser feitas foi em 1960, na Europa e nos Estados Unidos. Porém, seus impactos apenas foram sentidos a partir de 1990, com o avanço da internet.

Foi nessa época também que o mundo começou a perceber os efeitos da escassez dos recursos naturais e da poluição, o que fez com que muitos consumidores começassem a pressionar as empresas por mudanças de postura.

No Brasil, esse período da década de 1990 coincidiu com a vinda das multinacionais  com mais força no país, especialmente as dos EUA e Europa. E, com elas, vieram as primeiras ações de ecomarketing.

Com o terceiro setor ganhando força e os temas ecológicos se tornando destaque, as empresas e os próprios consumidores passaram a enxergar o marketing verde de forma diferenciada.

Quais as vantagens do marketing verde?

O comportamento do consumidor está mudando – e cada vez mais as pessoas têm se preocupado com as questões ecológicas.

Uma pesquisa realizada em 2015 pela consultoria PwC identificou os países com mais consumidores preocupados em adquirir produtos e serviços de empresas que atuem em sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. O Brasil foi um dos países com mais consumidores ecologicamente conscientes.

Outro estudo, de 2013, realizado pelo Instituto Akatu, mostrou que o brasileiro tem aderido cada vez mais a práticas e comportamentos sustentáveis. A pesquisa revelou, ainda, que o comportamento das empresas tem impacto direto na decisão de compra do consumidor: 52% dos entrevistados disseram preferir ou admirar determinadas empresas por não maltratarem os animais, 46% responderam que as organizações devem contar com selos de proteção ambiental e 44% revelaram preferir por marcas que ajudam a reduzir o consumo de energia.

Mais um dado relevante vem do estudo de 2019 da Union + Webster o qual revelou que 87% da população brasileira prefere comprar de empresas sustentáveis e 70% dos entrevistados afirmam que não se importam em pagar um pouco a mais por isso.

Todos esses dados nos mostram que os brasileiros estão mudando o comportamento de compra, baseando suas decisões também nas ações que as empresas tomam para tornar o mundo melhor e para reduzirem os impactos ambientais.

Assim, ao aderir o marketing verde e buscar incorporar a sustentabilidade, a sua empresa estará dialogando diretamente com essas pessoas – que têm sido cada vez mais frequentes em diferentes mercados.

Benefícios

Em resumo, podemos citar como benefícios do ecomarketing:

  • criar um diferencial competitivo em relação aos concorrentes;
  • conseguir fidelizar mais clientes, especialmente os que têm essa preocupação ambiental, que passam a admirar e defender a sua marca;
  • poder vender seus produtos ou serviços por um preço acima da média, já que os consumidores estão dispostos a pagarem um pouco mais para poderem incentivar empresas sustentáveis;
  • aumentar a credibilidade da sua marca, que passa a transmitir uma postura séria e comprometida com o futuro e a sociedade de uma forma geral;
  • demonstrar que a sua empresa está alinhada com os novos padrões de consumo, se posicionando de maneira diferenciada no seu mercado;
  • economizar no longo prazo, já que as ações de sustentabilidade tendem a reduzir os custos de produção e distribuição.

Como aplicar o marketing verde?

Como você viu neste conteúdo, para aplicar o marketing verde é preciso, primeiro, repensar toda a forma de produzir e distribuir da sua empresa. Afinal, é fundamental que as questões sustentáveis sejam incorporadas no modo de fazer do seu negócio – e não se tornem apenas uma propaganda enganosa.

Então, o primeiro passo é repensar as formas de produzir e distribuir do seu negócio, buscando alternativas que ajudem a reduzir os impactos ambientais negativos e preservar o meio ambiente.

Essa deve ser uma preocupação incorporada à cultura da companhia, por isso precisa se tornar uma meta incorporada pelos donos e fundadores da empresa, perpassando a todos os colaboradores e parceiros de negócio.

Conforme esse modo de ser vai sendo incorporado por todos dentro da empresa, é possível, também, começar a divulgar essas ações e incorporar esses valores nas suas estratégias de marketing.

Para lhe ajudar, separamos algumas ações que você poderá incluir na sua empresa e que vão contribuir para deixá-la mais ambientalmente correta.

Pense em novas fontes de energia

A geração de energia limpa é uma das principais preocupações das empresas ambientalmente corretas. Especialmente considerando os avanços em termos de indústria 4.0 e IoT. Para conseguir suprir toda essa revolução, é necessário cada vez mais energia – e os modos de geração atuais não conseguem acompanhar essa evolução sem comprometer o planeta.

Por isso, muitas empresas já estão buscando fontes alternativas de energia, especialmente a energia solar e eólica. Essa é uma maneira de impactar menos o meio ambiente e ainda conseguir produzir energia mais barata para as necessidades de produção da sua empresa.

Existem inúmeras soluções nesse sentido, desde as tradicionais placas solares (que podem ser instaladas em diferentes pontos da sua fábrica e sede) até os filmes fotovoltaicos orgânicos, que podem revestir janelas, coberturas de estacionamentos e inclusive os vidros dos carros, gerando energia limpa a partir da luz solar.

Modifique a relação com o uso de água

A água é um recurso finito e extremamente importante para diferentes empresas e indústrias. Assim, muitas estão buscando formas de economizar água durante a produção ou até de reutilizá-la.

Para atingir esse objetivo, existem várias ações que podem ser implementadas, como: inspeção periódica de vazamentos, implantação de sistemas de reuso, lavagem a seco, aproveitamento da água da chuva e ações de conscientização com os colaboradores.

Reduza o lixo

Gerar menos lixo é uma forma de contribuir consideravelmente com o planeta. Isso pode ser feito de diferentes maneiras, desde programas de reciclagem até a possibilidade de repensar as suas embalagens.

Hoje, muitas empresas adotaram o sistema de refil, reduzindo a necessidade de criar novas embalagens e diminuindo a geração de lixo dos consumidores. Todos saem ganhando, já que para a indústria a produção do refil é mais barata, e, para o consumidor, também é mais econômico comprar essas embalagens.

Ainda há a possibilidade de desenvolver embalagens a partir de materiais reciclados, que impactam menos o meio ambiente – e também desenvolver programas de reciclagem dentro da sua empresa, além de ações de conscientização entre os colaboradores.

Inove

A inovação é uma das principais parceiras da sustentabilidade. Vale a pena designar um time voltado à inovação ambiental dentro da sua empresa. Isso significa pensar em novos produtos, serviços, soluções ou modos de fazer que sejam mais amigos do meio ambiente.

Por exemplo, substituindo matérias-primas por outras que sejam menos poluentes ou agressivas, desenvolvendo novas embalagens, criando produtos que usem energias alternativas, pensando em maneiras de aumentar a durabilidade dos seus produtos (evitando o descarte de materiais excessivos na natureza), desenvolvendo programas ambientais (como reservas particulares e outras ações junto à sociedade), entre outras iniciativas.

Exemplos de marketing verde

São muitas as empresas que têm investido no marketing verde e conseguido se destacar, posicionando-se como marcas realmente sustentáveis.

A Natura é um grande exemplo nacional, com diferentes políticas nesse sentido. Destaque para suas embalagens que usam materiais reciclados e também para o treinamento das populações ribeirinhas, ajudando a desenvolver a comunidade de uma maneira ecologicamente correta.

O Google é outro exemplo interessante. A empresa se comprometeu, em 2017, a operar 100% com energia renovável. A Apple também seguiu pelo mesmo caminho, e em 2018 divulgou estar operando totalmente com energia de fontes renováveis.

Também em 2017, a Phillips foi nomeada líder da indústria no índice de Sustentabilidade Dow Jones, com excelentes pontuações em relatórios ambientais, estratégia climática, ecoeficiência operacional e gestão da inovação. Entre os projetos de destaque da marca estão o compromisso em ser neutra em relação à emissão de carbono e ao desenvolvimento de produtos verdes, que economizam energia, não usam substâncias e embalagens tóxicas, podem ser reciclados e têm um tempo de vida útil maior.

A Fiat é outra que figura há anos no índice Dow Jones, com uma série de programas sustentáveis como: desenvolvimento de produtos mais seguros, eficientes e com menor emissão de gás carbônico, redução do impacto ambiental e otimização do consumo de recursos naturais, projetos de relacionamento com a comunidade e campanhas que ensinam os motoristas a gastarem menos combustível.

Além dessas, existem muitos outros exemplos de empresas sustentáveis, afinal esse é o futuro, principalmente com o uso de novas tecnologias que permitem impactar menos o meio ambiente.

Depois de ver todas essas dicas, pensa em implementar o marketing verde no seu negócio? Se você gostou deste conteúdo, assine a nossa newsletter e receba as novidades do blog direto no seu e-mail!

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!