Marketing multinível: vale a pena investir?

Gabriel Motta
Gabriel Motta - 17 de maio de 2017
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+

O que empresas como Mary Kay, Herbalife, Avon e Natura têm em comum? Todas elas trabalham com um modelo de vendas direta, isso é, por meio do contato entre revendedores e consumidores fora do estabelecimento comercial, de uma forma mais pessoal. Geralmente, o revendedor vai até a casa do cliente ofertar serviços, produtos e ganha uma comissão pelas vendas realizadas por ele e por sua rede de distribuidores, a qual é formada por pessoas recrutadas pelo próprio revendedor. Por essa razão, esse sistema de comercialização é chamado de marketing de rede ou marketing multinível.

Apesar de ser uma boa forma de ganhar uma renda extra, o marketing multinível tende a gerar polêmicas. Isso porque algumas pessoas o confundem com os perigosos esquemas de pirâmide ou consideram os revendedores intrusivos e insistentes quando tentam convencer alguém a participar da rede.

Vale a pena investir no marketing multinível? Antes de chegarmos à essa conclusão, precisamos conhecer melhor o modelo, analisar suas vantagens e é sobre isso que o post de hoje vai tratar. Vamos lá!

Como funciona o marketing multinível?

Como dissemos no início, o marketing multinível se baseia no contato direto entre cliente e revendedor, o qual ganha uma participação nos lucros das vendas obtidas. Essa comissão é um incentivo para os revendedores darem o melhor de si na comercialização.

Não só as vendas são incentivadas, como também a atração de novos distribuidores, com o intuito de formar uma rede. Isso porque, quanto mais pessoas o revendedor recrutar, maiores serão os seus ganhos.

Os distribuidores recrutados terão as mesmas tarefas do revendedor: comercializar produtos e serviços de forma direta e, por sua vez, atrair novos distribuidores. Com isso, o nível de esforço é naturalmente maior, já que além de se preocupar com as vendas, ainda há o recrutamento.

Além disso, ao formar uma rede própria de revendedores, é necessário lhes dar suporte, treinamento, orientações, entre outras coisas que manterão a equipe capacitada e engajada. Agora, observaremos algumas características desse modelo de marketing:

Sobre a remuneração

São vários os tipos de pagamento oferecidos pelas empresas aos revendedores, podendo ser feito semanalmente, mensalmente ou anualmente. O valor é proporcional ao número de clientes e de pessoas que fazem parte da rede. Sendo assim, quanto maior a equipe, mais alta será a quantia recebida.

Relação de trabalho

As empresas que investem em marketing multinível não estabelecem um vínculo empregatício com os revendedores. Isso quer dizer que eles não são contratados, mas independentes.

Por isso, os revendedores não possuem uma carga horária a cumprir. Eles mesmos escolhem o tempo que querem se dedicar à comercialização e também não precisam responder a um patrão.

Limite de rendimento

A verdade é que não há um limite de rendimento, o que quer dizer que o revendedor pode faturar muito dinheiro. Mas é preciso lembrar que esse sistema de trabalho não vai gerar grandes lucros do dia para a noite. Então, a empresa que investir nesse tipo de marketing precisa ficar atenta para não prometer mundos e fundos e ficar conhecida como uma fraude.

Investimento

Um revendedor não investirá na infraestrutura do negócio e nem assumirá o pagamento das pessoas que fazem parte da sua rede. Normalmente, o único investimento necessário ocorre pela compra dos produtos em que os clientes estão interessados.

Marketing multinível é a mesma coisa que pirâmide?

Essa é a pergunta que não quer calar de toda empresa que pensa em investir em marketing multinível. Muitas desconfiam e rejeitam esse modelo de marketing, por confundi-lo com os esquemas de pirâmide, principalmente em virtude do lucro de um revendedor ser gerado a partir do rendimento das pessoas que fazem parte da sua rede.

Mas respondendo: o marketing multinível não tem nenhuma relação com as pirâmides ilegais, pode ficar despreocupado! Veremos as características das pirâmides, que as diferenciam do marketing multinível:

  • Nas pirâmides, apenas quem está no topo possui mais lucro. Isso porque o revendedor só vai faturar quando conseguir recrutar novas pessoas para o esquema, as quais pagam para fazer parte da rede;

  • Não há treinamentos oferecidos para os revendedores;

  • Chega um momento em que quem está na base da pirâmide não consegue mais recrutar outras pessoas, interrompendo o fluxo de dinheiro e levando esse esquema ao colapso;

  • Pode até ser que haja produtos sendo comercializados, porém eles não são a principal fonte do lucro e somente servem como disfarce para o esquema;

  • Além disso, esses produtos não são feitos para compradores potenciais, e sim apenas para quem deseja entrar no esquema;

  • As mercadorias são vendidas por preços muito diferentes do seu valor de mercado;

  • Uma empresa que participa das pirâmides financeiras não estará associada à ABEDV.

Vale a pena investir nesse tipo de marketing?

Bem, para responder a essa pergunta, antes precisamos refletir acerca das vantagens e desvantagens do marketing multinível:

Vantagens

Autonomia

No marketing multinível, você é seu próprio patrão e, como benefício disso, vem a liberdade para trabalhar. É você quem vai gerir seu tempo, escolher durante quantas horas do dia vai trabalhar, quais produtos vai comercializar e com qual público vai lidar.

Só é preciso se lembrar de que a sua remuneração dependerá da sua produtividade. Então é importante manter o foco!

Pouco investimento

O marketing multinível oferece um dos poucos negócios em que se investe mais tempo (para comercialização e recrutamento) do que dinheiro. É claro que quem deseja se tornar revendedor precisa investir uma quantia. Entretanto, ela sempre será menor se comparado ao valor de abrir uma loja física, por exemplo.

Também, o lucro é bastante considerável em relação ao custo de entrada na rede e aos gastos com os produtos para revenda. Outro ponto a ser destacado aqui é que os treinamentos, geralmente, são gratuitos e organizados de forma colaborativa. Isso porque todos os participantes da rede precisam estar igualmente aptos e apresentar um bom rendimento para gerar lucro, buscando o crescimento mútuo.

Suporte

Segundo a  ABVD, o setor de vendas diretas registrou R$ 40,4 bilhões em volume de negócios só no ano passado. Portanto, a pessoa que optar por ser uma revendedora terá benefícios consolidados por essa estabilidade no mercado e por lidar com empresas renomadas e que oferecem uma boa estrutura. A capacitação, a comissão, o respeito pelos revendedores e os produtos de qualidade são só alguns dos pontos garantidos por essas grandes empresas.

Escalabilidade

Essa é uma das principais vantagens do marketing multinível. A escalabilidade de ganhos é o que amplia os lucros dos revendedores.

Explicando: um revendedor recruta um novo distribuidor, o qual, por sua vez, também pode criar sua própria rede após um tempo. Dessa forma, as equipes vão se multiplicando, assim como a força de vendas.

Contudo, grande parte das empresas que investem em marketing multinível limita o número de redes para, no máximo, 5. Isso é importante para que o foco seja dado ao faturamento a partir das vendas, evitando que o recrutamento seja a principal forma de lucrar.

Expansão da marca

Para as empresas que investem nesse modelo, o fortalecimento da marca e expansão das vendas cresce de forma progressiva, sem precisar gastar com publicidade. O melhor: isso acontece graças às redes fiéis formadas e aos clientes, que ficam mais próximos dos revendedores. Isso gera confiabilidade, reduzindo até mesmo o impacto de marcas mais populares.

Desvantagens

Falsas promessas

Desconfie de empresas que prometem dinheiro rápido e fácil, afinal, tudo na vida demanda tempo e trabalho duro. Quem entra para o marketing multinível precisa se dedicar para alcançar reconhecimento e ter um bom leque de contatos para garantir sua rede. Caso contrário, é bem provável que seja um esquema de pirâmide financeira disfarçado.

Criação desenfreada de redes

O problema acontece quando um revendedor busca, o mais rápido possível, um grande número de novos distribuidores, mesmo que eles não tenham experiência, apenas com o intuito de aumentar a rede e ganhar mais dinheiro. Esquecendo-se assim de prepará-los para que eles também tenham um bom desempenho e sucesso no negócio.

Investimento inicial

O investimento inicial dependerá da empresa e do quanto o revendedor está disposto a aplicar. Algumas empresas oferecem catálogos de produtos aos revendedores.

Assim, não é preciso adquirir a mercadoria para a venda. Já outras exigem que os revendedores comprem os produtos a partir de um preço sugerido.

O preço vai de 50 a 200 reais, geralmente, dependendo das mercadorias a serem adquiridas. O investimento pode se tornar um risco quando os produtos forem difíceis de se vender. Isso acontece quando, por exemplo, são mercadorias muito caras ou que não são tão conhecidas no mercado.

Qual é o perfil ideal para pessoas que ingressam no Marketing Multinível?

Marketing multinível não é para todos. É isso mesmo que você leu!

Existem pessoas que apostam nesse negócio mesmo sem ter nenhuma habilidade de vendas e conhecimento de mercado. O que acontece com elas? Infelizmente, fracassam. Abaixo, citaremos as características mais importantes do perfil ideal para quem quer se dar bem no marketing multinível:

  • Facilidade para se comunicar e relacionar-se;

  • Desenvoltura;

  • Liderança;

  • Ética;

  • Seriedade;

  • Espírito empreendedor;

  • Boa administração das finanças;

  • Esforço;

  • Segurança;

  • Confiança;

  • Credibilidade.

Além disso, há alguns pontos que você precisa analisar caso esteja pensando em ingressar no marketing multinível:

  • Você considera seu perfil adequado a esse modelo de negócio?

  • Você se acha uma pessoa perseverante?

  • Tem muitos amigos?

  • Acredita ter um bom poder de persuasão?

  • Você é cliente fiel de alguma determinada marca?

  • Costuma comprar produtos que outras pessoas indicam?

  • É uma pessoa competitiva?

  • Gosta de trabalhar com outras pessoas?

  • Prefere trabalhar em período integral ou durante menos horas por dia?

  • Se encaixa no conceito de liderança?

  • Costuma aceitar críticas e questionamentos?

  • Você é uma pessoa tolerante?

5 dicas para investir no marketing multinível

Para que você seja bem-sucedido no modelo de negócios que mais se destaca na atualidade e que confere bons ganhos a muitos revendedores, daremos 5 dicas essenciais de como desenvolver uma carreira no marketing multinível:

1. Mentalize o sucesso

Para alcançar o sucesso dentro do marketing multinível, você precisa pensar positivo, como um vencedor. Diga a si mesmo que conseguirá ganhar dinheiro com aquilo que está disposto a fazer.

Infelizmente, muitos desanimam e abrem mão desse modelo de negócio, devido a comentários ruins de quem têm uma visão superficial e desconfiada do marketing multinível. Não dê ouvido a essas pessoas e acredite em si mesmo! Claro que alguns dias serão ruins e apresentarão dificuldades, por isso, é importante ser persistente.

2. Seja organizado

Para você não se perder nos compromissos diários, planejamento e organização são fundamentais. Afinal, será preciso anotar todos os compromissos, reservar horários para cada um deles e, ainda, otimizar as tarefas do dia a dia.

Isso lhe ajudará a não perder nenhum compromisso marcado. Não seria nada bom para a sua imagem chegar em cima da hora no local marcado com o cliente ou apenas se esquecer e não aparecer. Sem falar que você também pode perder futuros membros da sua equipe com esse tipo de atitude.

3. Defina suas metas

No marketing multinível também é importante determinar metas e saber aonde quer chegar. Você pode definir metas pequenas e a curto prazo, como metas diárias, ou a longo prazo, como metas anuais. Lembre-se de ser sempre realista quanto ao que você deseja e coloque suas necessidades pessoais em primeiro lugar.

4. Crie estratégias

Já pensou no que é preciso fazer para o seu negócio de marketing multinível crescer? Não se esqueça de que boas estratégias devem ser criadas!

Uma opção é se manter atualizado e buscar conhecimentos que possam melhorar o seu desempenho. Compartilhe o seu negócio com pessoas do seu círculo social e convide seus amigos a conhecerem o marketing multinível. As redes sociais, entre outros veículos de comunicação, também são boas alternativas para expandir ainda mais a sua rede.

5. Mensure os resultados

Por fim, não importa em qual nicho você atue, é imprescindível mensurar os resultados do seu rendimento. Você conseguiu alcançar suas metas ou precisa reavaliar as estratégias? Absolutamente tudo deve ser avaliado para que você consiga multiplicar as ações que deram bons resultados e evitar — ou aperfeiçoar — aquelas que não foram positivas.

Agora que você já conferiu o que é marketing multinível, suas vantagens e desvantagens, qual a sua opinião sobre esse modelo de negócio? Vale ou não a pena investir nele? Deixe seu comentário e conte para a gente!

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+
  • Rafael Cintra

    Muito bom esse artigo!

    Estou nesse indústria há 5 anos e é a melhor forma de ganhar dinheiro em paralelo com seu trabalho fixo, com baixíssimo investimento e risco.

    Empresas que eu indico hoje: ALOHA, nova empresa do bilionário brasileiro Carlos Wizard Martins: http://www.produtosaloha.com.br e a i9life que expandiu recentemente para diversos países e tem a menor ativação mensal: http://www.inove.life