Marketing digital para escolas de cursos online: conheça as 4 melhores estratégias

Avatar Autor
Publicado por Ingage em 19 de fevereiro de 2021

O marketing digital para escolas tem sido uma das principais estratégias desse segmento para a captação de alunos. Mas os benefícios desse investimento não param por aí. Eles incluem também o maior reconhecimento da marca, que passa a ser notada por mais gente e, em consequência, torna-se referência no mercado.

Principalmente quando se trata de uma instituição de cursos online, o principal ganho das estratégias de marketing digital para escolas é a ampliação da abrangência geográfica. Afinal, quanto mais potenciais alunos conhecem a marca, maiores as chances de reconhecerem a qualidade da oferta, certo? Então, até a fidelização dos estudos é apenas um passo.

Gostou dos benefícios do marketing digital para escolas e deseja adotar a ideia para sua instituição de cursos online? Acompanhe as dicas a seguir!

Quais são as melhores estratégias de marketing digital para escolas de cursos online?

mulher aprendendo online e mostrando como o marketing digital para escolas funciona

As dicas abaixo vão ajudar a sua escola de cursos online a escolher melhor as estratégias de marketing digital para os propósitos desejados e a conquistar a eficiência nessa jornada. Confira!

1. Invista nas configurações básicas e técnicas de SEO On Page

Sendo uma escola de cursos online, o site provavelmente recebeu uma boa atenção na hora de ser criado, certo? Crie um blog para centralizar a postagem de conteúdos e materiais ricos, que contribuam para a jornada de compra dos potenciais alunos.

Alguns detalhes ajudam a potencializar os seus esforços, seja no site ou no blog:

  • URL otimizada e amigável;
  • responsividade;
  • sitemap para a página institucional;
  • meta tag description de até 160 caracteres;
  • estruturas de H2, H3, H3 etc. nos conteúdos;
  • certificado de segurança;
  • imagens nomeadas e, se possível, com breve descrição.

2. Faça a pesquisa das palavras-chave estratégicas para seu negócio

As palavras-chave são elementos essenciais para as estratégias de marketing digital para escolas. Elas não só ajudam potenciais alunos a entenderem bem as ofertas dos cursos online: servem para tornar o site da escola relevante perante o Google e conduzem a jornada do consumidor.

Existem ferramentas excelentes para localizar as palavras-chave ideias para a sua escola, como o Google AdWords Keyword Planner, Google Trends, HubSpot Keyword Grader e SEMRush. É possível entender o que os seus concorrentes estão fazendo para criar estratégias potentes de conteúdo e ter melhores resultados a partir disso.

3. Realize otimizações constantes de SEO e conteúdo

Site otimizado com as melhores palavras-chave e um bom copy. Agora é só esperar os resultados, certo? Não é bem assim! Lembre-se de que, para conquistar boas posições no Google, que é o buscador mais usado pelos potenciais alunos, é preciso acompanhar as transformações dos algoritmos e as tendências do setor.

Isso significa que as técnicas que funcionam hoje podem não ser muito úteis ao seu site. Por essa razão, é sempre bom fazer otimizações constantes em diversas áreas. Vale revisitar conteúdos já publicados para ganhar mais posições nos motores de busca, acrescentar peças visuais para conquistar maior relevância e assim por diante.

4. Tenha uma estratégia de linkbuilding sólida

Outra excelente dica de SEO para iniciantes e experientes no ramo é o cuidado com o linkbuilding. Os links servem para complementar a experiência dos potenciais alunos e conduzi-los na jornada de compra, para que optem pelo seu curso online. Mas você sabia que essa estratégia vai muito além do que se interliga no site da escola?

É interessante ganhar autoridade e bom ranqueamento por meio de backlinks, que consiste no link que outras páginas fazem ao site ou blog da escola. O planejamento é essencial para que essa troca seja qualificada –– pois não é qualquer linkagem que funciona para sua estratégia.

Pense que materiais ricos têm mais chances de conseguir backlinks qualificados. Então, vale investir em pesquisas estatísticas, cases de sucesso, infográficos, ferramentas gratuitas, e-books de guias, relatórios etc.

Como montar um plano de marketing digital para escolas de cursos online?

Um plano de marketing digital para escolas é construído com base em testes. Ou seja, você só vai saber o que funciona melhor se colocar a ideia em prática, diante de quem precisa interagir com ela. Como não existe uma receita infalível para todas as instituições, vale encontrar as estratégias ideias, cortar investimentos que não trazem resultados e adaptar sempre que necessário.

Veja o que considerar durante esse processo!

Defina seu público-alvo

Pela experiência da sua escola de cursos online, quais são as pessoas que têm mais chances de se tornarem alunas? Essa é a primeira pergunta a se fazer ao definir o público-alvo das estratégias de marketing digital. São elas que devem se engajar com os conteúdos e gerar tráfego para o site.

Quando não há essa segmentação, os resultados podem não ser tão expressivos quanto a escola gostaria, levando a um mau uso dos recursos financeiros. Pior que isso, você não consegue oferecer uma experiência encantadora aos alunos em potencial. Uma forma de entender esse público-alvo é com a criação de personas.

A escola pode identificar uma ou mais personas, dependendo do direcionamento de cada um dos cursos oferecidos. Para defini-las, faça uma análise das pessoas que já estão matriculadas, coletando dados sobre preferências, canais de consumo de informação, fatores sociais, possíveis dores que as ofertas do negócio podem resolver etc. Se preciso, faça pesquisas complementares.

Crie a jornada de compra do seu produto

Assim como fazemos uma compra online no e-commerce, o futuro aluno também percorre uma jornada até se matricular no curso. Tenha em mente que essa decisão não acontece instantaneamente: a pessoa leva tempo para entender e processar a necessidade para, então, buscar as melhores opções do mercado.

Então, pense exatamente nesse caminho que vai da descoberta, passa pelo reconhecimento da dor e da compreensão da necessidade e chega à avaliação e decisão pela matrícula no curso. Os conteúdos do blog da escola podem orquestrar essa jornada, apresentando vantagens da escolha, cases de sucesso, entre outros tipos.

Gere conteúdo relevante para sua persona

Por falar em conteúdo, você deve ter percebido que essa é uma estratégia campeã para a captação e retenção de alunos. Mas ela precisa de planejamento para não pular fases na jornada de compra e, assim, prejudicar a experiência do potencial aluno.

Esses materiais, que podem ser textos, e-books, e-mail marketing personalizado, planilhas, infográficos ou outros materiais ricos, devem ter valor agregado. Veja alguns exemplos para o marketing digital para escolas de cursos online:

  • descoberta: aqui, os conteúdos são bem amplos, pois a persona ainda está descobrindo a existência da dor. Eles podem falar, por exemplo, da importância da qualificação no mercado de trabalho ou por que escolher estudar neste momento;
  • reconhecimento: mais familiarizada com o problema, o potencial aluno deve se identificar com ele, por meio de conteúdos que envolvem o aprendizado online, como aprender determinado assunto etc.;
  • consideração: sabendo do problema, agora é hora da persona conhecer a solução criada pela sua escola. Então, apresente cases de sucesso com depoimentos de ex-alunos, metodologias usadas e assim por diante;
  • avaliação da compra: por fim, é preciso converter a necessidade em ação –– no caso, a matrícula no curso online. Fale sobre as facilidades da inscrição ou cadastro, planos de pagamento, entre outros.

É possível trabalhar os conteúdos não apenas no blog da escola de cursos online, apesar de ser o local mais propício para atrair a persona. As redes sociais também devem estar no radar do planejamento de marketing digital para escolas, tendo em vista que atraem a atenção de públicos de diferentes idades.

Aposte em mídia paga

Enquanto a criação de conteúdos não está gerando tráfego orgânico (pois é uma estratégia de médio e longo prazo), é interessante apostar em mídia paga. Isso serve para levar a sua marca às pessoas ideais, de acordo com a segmentação criada para o anúncio, em menor tempo possível.

Cada publicidade exige determinada quantidade de investimento –– algo que também depende dos testes. Elas podem ser feitas nas redes sociais que melhor funcionam para as personas da escola, como YouTube, Instagram, Facebook, Twitter e Tik Tok, ou no próprio Google.

Acompanhe a avaliação das métricas

Por fim, como vimos, é importante acompanhar as estratégias de perto para entender se elas funcionam para os seus objetivos. Isso é feito por meio de métricas bem definidas. Com os anúncios pagos, é mais fácil mensurar o engajamento com os conteúdos impulsionados e as tomadas de decisão.

Vale lembrar que as métricas precisam ser realistas e mensuráveis, a exemplo da taxa de captura de alunos por meio de interações com o marketing digital para escolas. Métricas como curtidas e visualizações nas redes sociais não devem ser priorizadas, pois o engajamento e as acenadas de mão são mais importantes. Ao notar que alguma estratégia não surte o efeito esperado, faça novas experimentações.

O marketing digital para escolas de cursos online é um bom investimento para quem deseja reconhecimento e resultados expressivos para a conquista de novos alunos. Para atingir o potencial máximo, conte com a expertise de quem tem mais de 10 anos de experiência no mercado e sabe como extrair o melhor de cada negócio. Com isso, os clientes Ingage já saem na frente!

Gostou das dicas de marketing digital para escolas e deseja alavancar os resultados da sua? Conte com a parceria de quem entende da excelência nessa estratégia. Conheça as soluções da Ingage!

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!