Como funciona Lookalike do Facebook?

Alexandre Monteiro
Publicado por Alexandre Monteiro em 28 de setembro de 2020
Atualizado em 16 de outubro de 2020

Já imaginou poder criar anúncios com a certeza de que eles serão direcionados às pessoas que, realmente, têm interesse no produto ou serviço que você está vendendo? Isso já é possível com a ferramenta Lookalike do Facebook Ads.

Fácil de usar e bastante poderosa, essa é uma alternativa que deve estar presente nas suas estratégias de mídias sociais. Siga conosco e veja as dicas que separamos!

O que é Lookalike?

O Lookalike do Facebook Ads, ou Públicos Semelhantes, é uma função que melhora o direcionamento das suas campanhas de marketing. Ela funciona como uma espécie de segmentação, ajudando o anunciante a localizar os usuários que tenham características e interesses semelhantes ao público-alvo que já se relaciona com a sua página.

Assim, por meio do Lookalike, o Facebook avalia a audiência que a sua marca conquistou (ou porque curtiu a sua página, ou porque já comprou de você) e busca por usuários que sigam perfis semelhantes, baseado em interesses avaliados por meio de produtos consumidos, curtidas, sites acessados, interação com outras marcas dentro do Facebook etc.

Dessa maneira, o seu anúncio tem muito mais chances de ser efetivo, uma vez que ele será direcionado a um público com características semelhantes às pessoas que consomem de você.

Por que usar?

São muitas as vantagens de usar o Lookalike, vamos ver abaixo as principais.

Mais chances de vendas

Quando você anuncia seus produtos ou serviços para pessoas com o perfil semelhante aos seus clientes – e direciona essa comunicação ao estilo, personalidade e preferências dessas pessoas – certamente acaba aumentando as chances de vendas.

Isso também significa que o investimento feito tem um retorno muito melhor, tornando suas estratégias mais eficientes e rentáveis. Além do fato de a sua empresa conseguir expandir o número de leads, prospects e pessoas interessadas em conhecer mais sobre a sua marca.

Identificação maior com seu produto ou serviço

Na internet, cada vez mais há concorrência pela atenção das pessoas. E para se destacar, é indispensável ter uma estratégia certeira e eficiente. Ao segmentar seus anúncios, você aumenta as chances de a sua audiência realmente se identificar com o conteúdo, com a sua marca e com o que você vende.

Vamos supor que você tenha uma empresa de cosméticos veganos. Ao anunciá-los para pessoas que têm essa preocupação ambiental e de proteção dos animais, você aumenta as chances de conquistar mais vendas e também mais adeptos da sua marca. O que seria mais difícil falando com quem não tem a intenção de lhe ouvir.

Possibilidade de escolher públicos diferentes

Quando você está montando a sua campanha, o Facebook permite que você crie uma lista de lookalike. Assim, é possível criar uma audiência com base nas pessoas que interagiram com anúncios anteriores, usuários que conversaram via seus canais sociais ou que curtem a sua página.

Se a empresa trabalha com um portfólio amplo e lida com diferentes públicos, é possível segmentar os anúncios, criando listas de lookalike para cada uma dessas ações.

Fácil de usar

O gerenciador de anúncios do Facebook não tem muito mistério e é bastante intuitivo. Embora conte com um grande número de funcionalidades, configurar o público lookalike não é tão complicado. É possível realizar as configurações diretamente pela tela de criação de campanhas ou na seção voltada ao gerenciamento de públicos.

Quando você cria a sua audiência lookalike, ela fica disponível para ser reutilizada quantas vezes desejar. Dessa forma, o mais “difícil” seria defini-la pela primeira vez e depois é só aplicar a segmentação em campanhas futuras.

Outros benefícios

Além desses, a ferramenta ainda traz uma série de outros pontos positivos, como:

  • mais flexibilidade para o planejamento das campanhas de mídias;
  • possibilidade de desenvolver campanhas de atração de leads, considerando o perfil dos públicos que já interagem com o seu negócio;
  • otimização do lucro e do faturamento;
  • intensificar as interações do público com os seus anúncios;
  • possibilidade de inclusão de dados de diferentes plataformas e interações, como pessoas que curtem a sua página, informações extraídas do Analytics (ou da própria ferramenta de análise do Facebook) e assim por diante.

Lembrando que, quanto mais dados você inserir dentro do menu Custom Audiences, mais o Facebook conseguirá encontrar usuários com uma tendência forte para se tornarem seus clientes, deixando a lista ainda mais exata.

Como funciona na prática?

monumento representando o Facebook

Já deu para notar que o lookalike é uma opção bem vantajosa para ajudar as empresas a se destacarem no Facebook, não é? Mas para aproveitar o máximo dela, é importante saber como configurá-la adequadamente. Veja as orientações que separamos.

Público personalizado

Antes de começar a usar o lookalike, você deverá criar o seu público personalizado (ou público de origem). Ele pode ser criado a partir de informações do seu pixel, do seu app ou dos fãs da sua página.

A partir de então, o Facebook identificará as qualidades em comum desse público para definir o lookalike.

Por isso, antes de definir o seu público personalizado, é importante considerar algumas questões, como:

  • qual é o seu público mais relevante, significativo;
  • do que essas pessoas gostam;
  • que tipo de informação elas consomem;
  • quais são os principais dados demográficos dessas pessoas.

Quando você tiver essas (e outras) informações em mãos, poderá alimentar o seu público personalizado e começar a usar o lookalike.

Uma ideia interessante é importar os dados do mailing da sua empresa. Para fazer isso, use o gerenciador de anúncios do Facebook e clique em “públicos”, depois em “criar público” e, por último, opte por “público personalizado”. Selecione “arquivo do cliente” e importe a sua lista de e-mail salva previamente.

Depois de carregar a sua lista, lembre-se de informar ao Facebook os dados correspondentes dessas pessoas, como nome, cidade etc. Quanto mais informações detalhadas você der, mais precisa será a sua campanha.

Público semelhante

Após definir seu público personalizado, você poderá começar a criar o público semelhante (lookalike). Para isso, vá em “públicos”, “criar público” e escolha “público semelhante”.

Preencha os campos solicitados, como origem, país e tamanho do público.

Em relação ao tamanho do público, atenção. Os públicos menores são os mais semelhantes ao seu público de origem. Quanto maior for o seu público, maior será o seu alcance potencial, entretanto o nível de similaridade entre público de origem e público semelhante será menor.

A recomendação, em geral, é que o público de origem tenha, em média, de 1 mil a 50 mil pessoas. Lembre-se, ainda, que a qualidade dessa informação também é importante. Então, ao invés de importar a lista de e-mail com todos os seus clientes, por exemplo, selecione os melhores – assim o Facebook procurará por pessoas com características próximas ao seus consumidores mais assíduos ou aos fãs da sua marca.

Outro ponto importante é que o público de origem deve ter, pelo menos, 100 pessoas de um único país. Você poderá criar até 500 públicos semelhantes com base em um único público de origem. Em um mesmo conjunto de anúncios, há a possibilidade de usar vários públicos semelhantes.

Sobre o país, é importante ficar atento na escolha, porque o lookalike apenas incluirá pessoas dos países selecionados durante a criação.

Público semelhante a partir das curtidas na página

Uma opção na hora de criar seu lookalike é usar como base os usuários que já curtem a sua página – ou, ainda, a página de um concorrente. Nesse caso, é só definir a audiência como as pessoas que já curtem determinada página.

Essa possibilidade é interessante quando você tem um grande número de seguidores e de pessoas interagindo com as suas postagens (ou com as de outra página relevante para a sua estratégia).

Porém, cuidado, porque essa opção também pode gerar perfis mais genéricos. Então, primeiro, analise o engajamento do público.

Público semelhante com base em valor

Outra possibilidade apresentada pelo Facebook é criar público semelhante com base em valor. O valor vitalício do cliente é uma representação do lucro líquido que você acredita poder atribuir a determinado cliente. Esse valor pode ser dividido em fatores como:

  • a frequência que o cliente compra de você;
  • o ticket médio desse cliente a cada compra;
  • a projeção de gastos de um cliente durante o relacionamento com a empresa;
  • a provável duração desse relacionamento.

Caso você queira criar um público semelhante dessa maneira, poderá adicionar informações para o público de origem de aplicativos de celular, pixel, catálogo ou lista com valor vitalício e SDK.

A partir desses dados, o Facebook criará públicos semelhantes buscando por pessoas que sejam mais parecidas com os clientes de valores mais altos. Um público semelhante comum (como o que explicamos nos tópicos acima) encontra pessoas semelhantes a todos os seus clientes.

Informações do seu site

Além da lista de e-mail e do valor, você ainda poderá criar públicos semelhantes aos que visitam as páginas do site da sua empresa. Para fazer isso, será preciso especificar quais regras acionarão o pixel do Facebook para que ele consiga identificar o visitante do site.

A ferramenta permite ajustar quais URLs as pessoas visitam ou o evento padrão que elas acionam, caso você esteja usando o pixel do Facebook (uma ferramenta que permite mensurar a eficácia dos seus anúncios baseado nas ações que esses usuários realizam no seu site).

Conjunto de anúncios

Após configurar seus públicos semelhantes, é só começar a usá-los nos seus anúncios. Para isso:

  • crie um conjunto de anúncios;
  • na seção “público” da criação de conjunto de anúncios, clique em “públicos personalizados”;
  • selecione os públicos personalizados ou semelhantes que você deseja usar (você poderá combinar vários públicos personalizados e semelhantes para deixar seu direcionamento ainda mais preciso);
  • caso queira remover alguém, clique em excluir (é possível incluir alguns públicos e excluir outros, pensando em tornar suas campanhas mais direcionadas);
  • conclua a configuração do conjunto de anúncios.

Conclusão

Neste conteúdo, você aprendeu que a ferramenta lookalike do Facebook Ads permite otimizar ainda mais os seus anúncios, veiculando-os para pessoas com perfis semelhantes aos usuários que já se relacionam com a sua marca, aumentando as chances de conversão e otimizando os seus recursos.

Embora essa seja uma alternativa fácil de usar, é muito importante que ela venha a somar, como uma aliada as demais ações e estratégias realizadas para as mídias sociais e posicionamento da sua marca no universo digital.

Então, não se esqueça de contar com uma boa assessoria de uma agência especializada e que conheça tudo sobre mídias sociais e outras ferramentas do marketing digital. Assim será mais fácil conseguir resultados ainda melhores.

Gostou de saber mais sobre lookalike do Facebook Ads? Não perca nenhum conteúdo aqui do blog: assine nossa newsletter e receba nossas dicas em primeira mão, direto no seu e-mail!

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!