Investimento em links patrocinados? Confira as opcoes para a sua empresa!

Avatar Autor
Publicado por Gabriel Motta em 10 de março de 2014
Atualizado em 9 de março de 2021

Diretor de operações e cofundador da INGAGE, Gabriel atua na área de Marketing Digital, colaborando para a construção de vários cases de sucesso.

Uma das mídias que mais vem crescendo nos últimos anos foram os links patrocinados. E não é à toa: esse serviço permite que seus anúncios sejam vistos por clientes altamente segmentados, em meio às pesquisas por eles realizadas logo na primeira página dos buscadores,  aumentando a visibilidade de sua marca, fomentando o interesse pelos produtos ou serviços de sua empresa, bem como as possibilidades de conversão.

Diversas vantagens fazem com que os links patrocinados sejam excelentes opções de investimento. Mas, certamente, o tipo de pagamento pelo serviço – baseados em CPC (Custo por Clique) ou CPM (Custo por Mil Impressões), bem como facilidade de mensuração e otimização das campanhas, além da agilidade no retorno são algumas das mais atraentes. Para te ajudar a escolher onde anunciar, reunimos algumas opções.

Google AdWords

O mais conhecido dos sites de busca possui a também o mais famoso serviço de links patrocinados. O Google AdWords é a plataforma que une os usuários do buscador do Google aos anuncios recomendados de acordo com suas buscas.

Ao anunciar no Google AdWords, suas campanhas serão exibidas cada vez que alguém pesquisar por palavras-chaves atreladas aos seus anúncios e você somente arcará com os custos da ação caso o usuário clique no seu anúncio. Por ser a ferramenta de busca mais usada no mundo, os anúncio vinculados ali são naturalmente mais valiosos. Porém, não basta pagar mais para ver seu anúncio no topo. Uma série de variáveis definirá onde e quando suas campanhas serão exibidas – como o Quality Score, por exemplo.

Bing ADS

Essa plataforma de anúncios pagos foi desenvolvida em parceria entre o Yahoo e a Microsoft e tem feito sucesso no mercado. Sem se intimidar com os concorrentes, o Bing ADS, serviço de links patrocinados do buscador BING (segundo site de buscas mais acessado do Brasil) já superou os 100 mil clientes em todo o mundo e começa a conquistar a atenção das grandes empresas pelas novas oportunidades de negócios.

Lançado em 2013, a plataforma possui recursos similares ao Google Adwords – o líder no serviço e primeiro colocado em acessos quando o assunto é site de buscas -, mas algumas vantagens com relação ao principal buscador. Baixo custo por clique, poucos concorrentes nos resultados, alto índice de compra por clique e o fato de permitir a importação de campanhas do Google AdWords são algumas delas.

Yahoo! Search Marketing

Com um mecanismo semelhante aos dos demais sites de busca, o Yahoo! Search Marketing oferece a exibição de anúncios altamente relevantes para as pesquisas dos internautas, além de um menor número de concorrentes para cada resultado.

O custo-benefício tem chamado a atenção dos anunciantes. Segundo um estudo realizado pela empresa de consultoria comScore, em 2011, os buscadores do Bing e Yahoo! Juntos já representam 30% de todas as buscas feitas nos Estados Unidos.

UOL

Outra opção é divulgar o seu anúncio nos links patrocinados do UOL, considerado o site brasileiro com maior audiência e abrangência da web.
Entre as vantagens oferecidas pela plataforma então a opção de divulgar o site de acordo com informações do seu público-alvo, como idade, região e sexo, além de poder escolher o canal de conteúdo onde prefere vincular seu anúncio.

Agora que você já conhece as principais opções de links patrocinados, avalie as possibilidades, pense também fora do Google, e comece já a investir para gerar novas oportunidades de negócios!

Veja mais artigos sobre Links Patrocinados.

 

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!