Veja quais são os 10 principais indicadores de marketing para empresas de tecnologia!

Avatar Autor
Publicado por Luísa Godinho em 22 de outubro de 2021

Customer Success na INGAGE, Luísa é responsável por garantir a satisfação do cliente, atuando junto à equipe com olhar estratégico para alcançar o sucesso.

Uma estratégia de marketing eficiente é fundamental para que as empresas de tecnologia consigam bons resultados em vendas. Mas como saber se suas ações estão, realmente, trazendo o retorno esperado? É justamente para isso que existem os indicadores de marketing.

Se você ainda não utiliza ou não sabe quais indicadores analisar, continue lendo este conteúdo e entenda tudo sobre o tema!

O que são os indicadores de marketing?

Os indicadores de marketing são dados que ajudam a avaliar as campanhas, ações e estratégias adotadas, bem como os resultados gerados. Ao analisar frequentemente essas métricas, você consegue entender quais esforços e investimentos estão dando certo — e quais precisam ser alterados.

O ideal é usar uma mescla de vários indicadores, assim será mais fácil ter uma visão precisa sobre a performance das suas estratégias e tomar decisões mais acertadas.

Quais os 10 principais indicadores de marketing para empresas de tecnologia?

Basicamente, os indicadores de marketing podem estar relacionados a vendas, retenção e engajamento. Eles devem estar em sintonia com os objetivos da sua empresa e das estratégias adotadas. Veja os principais exemplos!

1. Número de oportunidades passadas para vendas

Nem sempre é fácil medir o trabalho das equipes de marketing. Muitas vezes os gestores podem acabar focando-se em métricas vazias, como o número de seguidores nas redes sociais ou as taxas de audiência. Ao avaliar quantos  leads são repassados para as equipes de vendas, contudo, você consegue ter uma noção mais precisa sobre a eficiência das suas campanhas.

Aproveite para analisar os leads que ainda não estão prontos para compra, mas possuem um bom fit. A partir desse entendimento, é possível criar uma lista segmentada e um fluxo automatizado para acompanhar de perto esses potenciais clientes e garantir que eles migrem para o fundo do funil.

2. Custo Por Lead (CPL)

O primeiro passo para gerar leads é atrair visitantes. Os métodos mais usados costumam ser as redes sociais e os blogposts, além das campanhas pagas (Google Ads e Facebook Ads) e os guestposts.

Após a criação de conteúdos, é preciso criar e gerir a base de leads. Todos esses pontos têm um custo para a empresa — e é fundamental identificá-los, garantindo que a estratégia seja realmente viável financeiramente.

Para fazer o cálculo, você precisa incluir todos os investimentos em marketing realizados para a atração e conversão, incluindo anúncios, produção de conteúdo, salário de funcionários etc. Depois, divida esses custos pelo total de visitantes convertidos em leads no período.

Com esse indicador, você será capaz de direcionar seus esforços para os canais mais interessantes ou pensar em formas de otimizar os investimentos para tornar suas estratégias mais efetivas.

3. Custo por Aquisição (CAC)

Entre os indicadores de marketing, o CAC é um dos mais conhecidos. Ele mostra o quanto a empresa gasta para adquirir cada cliente. O cálculo é feito somando-se todos os gastos com marketing e vendas e dividindo o valor pelo número de clientes adquiridos no período.

Essas despesas devem incluir tudo o que a empresa investiu para adquirir novos clientes, como salários dos funcionários, softwares de automação de marketing, stand em eventos etc.

Se o CAC alcançado for muito alto, isso pode indicar alguns problemas. Afinal, a métrica interfere diretamente no preço que você cobra pelo seu produto ou serviço. O ideal é que o CAC seja sempre menor do que o retorno trazido pelo cliente.

No caso das empresas de assinatura que trabalham com MRR (receita mensal recorrente), o tempo em que o cliente paga o CAC gerado com ele precisa ser de, no máximo, 12 meses. Essa regra, contudo, não vale para empresas de telefonia ou cartão de crédito, que têm um volume alto de capital barato.

4. Taxa de crescimento de clientes

Este é o indicador que mostra o crescimento da porcentagem de novos clientes alcançados dentro de um determinado período, refletindo as vendas realizadas. O acompanhamento pode ser feito semestral, mensal ou semanalmente, dependendo da realidade do seu negócio.

Uma estratégia de marketing bem orientada ajuda a prospectar novos leads e clientes de maneira independente, garantindo mais previsibilidade de crescimento e reduzindo as chances de ser surpreendido por influências externas.

5. AR (receita anual recorrente) e MRR (receita mensal recorrente)

Negócios SaaS, com mensalidade recorrente, são os que mais se beneficiam com essas métricas. A principal característica desse tipo de negócio é que os custos do cliente são diluídos ao longo dos meses e, assim, o ticket médio também acaba sendo menor que em outros modelos.

Conforme o ticket médio do seu produto aumenta, a MRR ou a AR também se elevam. O ideal é manter o valor desses indicadores maior que a receita perdida pelos churns.

mulher em frente ao computador analisando os indicadores de marketing da sua empresa

6. Churn

A taxa de churn está ligada ao número de cancelamentos e demonstra a capacidade de uma empresa de reter seus clientes. Essa é uma métrica importantíssima e fundamental para a saúde financeira das empresas de tecnologia que trabalham no modelo SaaS.

Para fazer o cálculo, divida o número de clientes que cancelaram o serviço dentro do período pelo número de clientes no início do mês. Uma boa taxa de churn anual gira em torno de 5 a 7%.

7. Lifetime Value (LTV)

Outro indicador fundamental para as empresas de tecnologia no modelo SaaS é o LTV, demonstrando o quanto é possível ganhar por cliente dentro de um determinado período.

No início do negócio pode ser difícil calcular o LTV, porém, ele é extremamente importante. Faça um comparativo entre o LTV e o CAC para saber como está a vida financeira da sua empresa. O ideal é que o LTV seja em torno de 3 vezes mais que o CAC.

8. Retorno sobre o investimento (ROI)

Entre os diferentes indicadores de marketing, um dos mais conhecidos, sem dúvida, é o ROI. Ele demonstra qual o retorno as campanhas e ações de marketing têm trazido para sua empresa.

Para fazer o cálculo é simples: determine o faturamento gerado e subtraia o valor do investimento feito. Depois, divida o resultado pelo investimento e multiplique tudo por 100.

Vamos supor que você investiu R$10 mil em uma campanha e ela gerou R$80 mil de receita. Teríamos então:

  • 80 mil – 10 mil = 70 mil
  • 70 mil ÷ 10 mil = 7
  • 7 × 100 = 700
  • ROI = 700%

Ao analisar o ROI, você consegue ter ideia se as suas estratégias realmente têm trazido os resultados esperados.

9. Ticket médio

Este é o valor que seus clientes gastam a cada compra realizada. O ticket médio é obtido dividindo-se toda a receita adquirida com as vendas em um intervalo de tempo pelo número de pedidos realizados nesse período.

Um ticket médio reduzido pode indicar dificuldades de vendas ou baixo valor agregado da sua solução.

10. Taxas de conversão

É o indicador de marketing que demonstra quantos usuários realizaram ações como preencher determinado formulário, cadastrar em uma newsletter, baixar um e-book ou fazer uma compra.

Acompanhar as taxas de conversão é crucial para entender os resultados gerados, em todas as etapas do funil de vendas.

Como você pôde notar, existem vários indicadores de marketing que são cruciais para entender o desempenho de sua estratégia e melhorar a performance da empresa — inclusive no que diz respeito às vendas.

Por isso, contar com uma assessoria especializada faz toda a diferença. A INGAGE é uma agência de marketing digital focada em resultados, com uma sólida experiência em diversos setores, especialmente na área de tecnologia.

Aproveite para seguir a INGAGE nas redes sociais e receber conteúdos que contribuirão com seu negócio. Estamos no FacebookInstagramTwitter e LinkedIn!

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!