A hospedagem como um fator de sucesso para seu e-Commerce

ingagedigital - 8 de agosto de 2017

Não importa o tipo de hospedagem, seja um servidor dedicado ou um compartilhado, ele irá influenciar diretamente no desempenho e na usabilidade de um e-Commerce, tanto em aspectos positivos como também negativos.

Uma hospedagem que não está devidamente configurada para o seu tipo de negócio pode deixar seu site lento, ou pior, o custo de implantação de um ambiente melhor além de ser mais caro estará desperdiçando recursos.

Um site lento possui menos chances de converter uma venda.

E um ambiente que esteja desperdiçando recursos deixa de ser um investimento e passa a ser uma despesa.

Se gerar vendas e notoriedade para o seu negócio são os seus principais objetivos, continue lendo e veja por que considerar a hospedagem como um fator de sucesso para seu e-commerce.

O início de um e-Commerce

Depois de fazer todo o planejamento inicial do seu negócio e decidir por montar um e-Commerce a primeira coisa que deve ser feita é registrar um domínio.

É na hora de registrar um domínio onde que você irá decidir o nome do seu negócio na internet e como ele será encontrado pelos motores de busca.

Um ponto que, muitas vezes, não é levado em consideração na hora de registrar um domínio é o SEO (Search Engine Optimization).

Os motores de busca do Google, por exemplo, usam um algoritmo gigantesco para ranquear as páginas que seus Robots visitam.

Os Robots do Google são como os visitantes de um site, mas com um diferencial, eles navegam de links em links e usam algoritmos que analisam inúmeros fatores para ranquear seu site.

Como o uso de palavras-chave é um desses fatores relevantes, escolher um nome de domínio que utilize essa palavra-chave irá te ajudar a ranquear melhor nos buscadores.

e-commerce

Ficar entre as primeiras páginas ajuda a trazer mais visitas para seu site e consequentemente um site com muitas visitas gera mais vendas.

Com a utilização correta do SEO em todo o seu site, você viu que é possível ficar mais próximo da primeira página do que antes.

Criando um registro de domínio

Para registrar um domínio, basta buscar por um domínio e se ele estiver disponível você pode fazer a contratação para 1 até 10 anos.

Se você está em busca de exclusividade e modernidade você pode optar pelo uso de uma GTLD ao invés das convencionais TLDs .com e .br

TLD e GTLD

As TLDs e GTLDs são terminações de um nome de domínio que servem para identificar o tipo de mercado do site. Algumas das TLDs mais comuns são:

  • .com – Company: Para companhias e empresas
  • .net – Network: Para empresas
  • .br – Brasil: Pode variar de acordo com o país.

Logo após surgiram os GTLDs que servem para identificar seu negócio na internet por meio de um produto, serviço ou atividade:

  • .clube
  • .bike
  • .cafe
  • .auto
  • .casa

As GTLDs são uma ótima alternativa para fugir dos padrões e personalizar seu negócio. Você pode ver as variedades de GTLDs na nossa lista de domínios.

Quais as vantagens de um e-Commerce

Entre um e-Commerce e uma loja física, a loja online possui diversas vantagens. Além de deixar toda a parte burocrática de lado, ao escolher por montar um e-Commerce você poderá economizar mais tempo e dinheiro.

Fora isso você tem outras vantagens como:

Estar sempre no ar

Quando o servidor está bem configurado a expectativa é que o e-Commerce fique no ar para sempre, porém é algo complicado de pôr em prática, mas desconsiderando as dificuldades, para ter um e-Commerce que nunca caia é preciso:

  • Evitar que ele sofra ataques de malwares – isso irá impedir que programas maliciosos derrubem seu site. É algo que pode ser prevenido com a instalação de um verificador de malware, como por exemplo o SiteLock.
  • Ter uma plataforma que suporte os acessos simultâneos – isso é algo fundamental. Muitas vezes nos deparamos com casos de pessoas que compram uma infraestrutura com mais recursos que o necessário e mesmo assim o site acaba indo a baixo… Por vezes isso se deve por conta da má configuração do servidor.
  • Ter em mente qual é o tamanho da sua aplicação – Você precisa estar ciente disso para não acontecer o oposto do item acima. Às vezes sua aplicação aguenta os acessos simultâneos, mas o ambiente onde você está hospedado não. Quando seu e-Commerce encher de visitas e vir abaixo, pode ser por conta dos recursos do servidor.
  • Monitoramento – Todas as aplicações na SECNET possuem o monitoramento 24h dos recursos do servidor, para evitar que os casos acima aconteçam. O monitoramento proporciona previsibilidade e permite que medidas de segurança sejam feitas antes de que algo ruim aconteça.
  • Servidores com redundância – Isso significa que terá outro servidor funcionando em paralelo com o seu. Serve para se caso algo de errado aconteça, o outro entre em funcionamento. Esse procedimento pode levar entre 2 a 10 minutos depois da queda do primeiro servidor, muito melhor do que deixar o site um dia ou uma semana inteira sem funcionar.
  • Manutenção do Hardware – É preciso ter em mente que o servidor nada mais é que um computador igual o seu, é claro que falando de grosso modo, os dois são quase iguais com a diferença que um computador normal serve para um usuário (você) e um servidor para diversos usuários (visitantes). E sendo um computador normal ele precisa de manutenção das peças e de um ambiente adequadamente limpo e refrigerado, conhecidos como Data Centers.

e-commerce

Baixo custo

Há diversas maneiras para você montar uma loja virtual. Você mesmo pode desenvolvê-la ou pode contratar outra pessoa para fazer esse trabalho.

Existem no mercado plataformas prontas que buscam facilitar a usabilidade para o vendedor. Muitas vezes são feitas em cima de outras plataformas conhecidas como Open Source (código aberto).

Diversas plataformas de código aberto podem ser adquiridas gratuitamente por qualquer pessoa, que por sua vez pode desenvolvê-la sem gastar um centavo.

As principais delas são:

WordPress / Woocommerce

O WordPress hoje é a ferramenta mais usada para criação de blogs, sites e portais. Com a ajuda do plugin WooCommerce o seu site se transforma em uma ótima loja virtual.

O WordPress possibilita que você crie seu site em poucos cliques de forma prática, a ferramenta ainda conta com recursos nativos para tornar a sua experiência de publicação ainda mais agradável.

Magento

O Magento é uma plataforma robusta e perfeita para projetos maiores. Dentre as plataformas ela é a que precisa de um maior nível de conhecimento do vendedor e também é a que aguenta mais acessos simultâneos.

OpenCart

É uma solução de comércio eletrônico desenvolvido para ser leve e rápida, com foco na facilidade de instalação e utilização. Ela oferece uma forma rápida e prática de iniciar sua loja online, com uma grande quantidade de recursos para que você crie sua loja sem a necessidade de conhecimento em desenvolvimento web.

PrestaShop

É usado por milhares de lojas em todo o mundo. Foi desenvolvido para suprir as necessidades de pequenas e médias empresas. Assim como o OpenCart foi desenvolvida para ser leve, rápida e de fácil utilização.

Todas são ótimas plataformas e cada uma tem suas características. Mas é preciso estar atento às configurações a nível de servidor, pois cada uma delas tem uma forma de aproveitar o máximo dos recursos dele.

Serve para todos os tipos de negócios

Não importa o tamanho do seu negócio, seja grande ou pequeno. Um e-Commerce traz benefícios para ambos.

Se o seu negócio está começando e tem poucos acessos, você não precisa começar com um servidor dedicado logo de cara, pois seria desperdício de recursos e você estará gastando dinheiro desnecessário. Nesses casos convém que você opte por uma hospedagem compartilhada ou até mesmo um espaço em nuvem (Cloud Server). Depois falarei um pouco mais dele.

Facilidade para os clientes

Algo que pouco paramos para analisar é como os tempos mudaram. Em 15 anos atrás a forma de comprar mais comum era ir até uma loja, assinar o contrato, e ter que levar o produto até em casa, se não, pedir para a transportadora do vendedor levar a carga.

Hoje em dia basta você acessar uma loja, selecionar o produto, preencher o Checkout, esperar o produto chegar e o valor ser descontado do seu cartão de crédito. Enfim nem precisou sair de casa.

Olhando desse jeito parece que comprar online são apenas maravilhas. Até nos depararmos com um site que não carrega, um botão de comprar que não funciona e falhas que acarretam complicações para clientes e lojistas.

Por isso é preciso que o site esteja bem desenvolvido, seja rápido, tenha um layout prático e intuitivo, com o uso apropriado de CTA e uma página de Checkout objetiva e que funcione.

Para você não errar e ter um crescimento no seu e-Commerce, você pode aplicar o Growth Hacking para e-Commerce. Que é um método que busca novas ideias e projetos com o objetivo de gerar crescimento, ou aumentar os lucros.

Tipos de hospedagem

Como falei anteriormente é preciso estar ciente dos recursos do seu servidor para evitar que ele pare de funcionar. Existem alguns modos para saber o tamanho e a quantidade de recursos que você precisa, um deles é pelo tipo de serviço de hospedagem que você possui. Os mais populares são:

Servidor dedicado

O servidor dedicado como o próprio nome já diz, ele é exclusivo para a sua aplicação.

Porém um servidor dedicado não é para qualquer tipo de aplicação, pois se seu site não tiver muitas visitas e se for sua única aplicação então os recursos do servidor serão desnecessários.

Mas se você tiver várias dessas aplicações com um número expressivo de acessos ou uma grande aplicação para milhares de usuários então convém que você opte pelos serviços de um dedicado.

Cloud Server

A grosso modo, o Cloud é uma parte do servidor dedicado.

Um servidor dedicado pode ser virtualmente dividido em Clouds e cada um deles pode hospedar uma ou mais aplicações, desde sites a contas de email.

Tem como objetivo, reduzir os custos e manter um número equilibrado de recursos para cada aplicação.

Hospedagem Compartilhada

É conhecida por ser a mais barata que as duas citadas anteriormente.

Se o cloud é a divisão do servidor dedicado. As hospedagens compartilhadas são diversas partes de um cloud.

Geralmente são divididas em planos e possuem uma liberdade menor que o Cloud para administrar os recursos uma vez em um plano se precisar de mais espaço em disco, por exemplo, você terá que fazer um upgrade para um plano com mais recursos, não só de espaço em disco.

O que a hospedagem influencia

A hospedagem influencia diretamente na velocidade, desempenho e consequentemente na conversão do seu site. É ela que armazena as informações dele e faz com que ele esteja online 24 horas por dia. Por causa disso é importante um provedor eficiente para a sua loja virtual.

Estar online apresenta números significativos para um e-Commerce. Ficar um dia fora do ar significa ficar um dia sem vender. As perdas podem ser imensuráveis e por isso a qualidade do serviço do atendimento de suporte da hospedagem é crucial.

Para escolher uma ótima empresa de hospedagem, sem considerar o preço como o fator de decisão é preciso pesquisar sobre:

  • SuporteÉ possivelmente o fator mais importante, pois você sempre vai precisar dele, seja para tirar alguma dúvida ou por conta de algum erro no servidor.
  • Equipe EspecializadaServidores de hospedagem são máquinas exigem conhecimento e precisam de uma equipe especializada para manter tudo em ordem, caso contrário seu site poderia estar seriamente comprometido, com a possibilidade de perder dados importantes ou até mesmo perder tudo. Perder tudo pode ser uma grande perda de tempo e dinheiro em desenvolver tudo do zero.
  • Espaço em discoUm recurso muito importante pois é a quantidade de espaço disponível no servidor para guardar os dados do seu e-Commerce. Como uma loja virtual possui inúmeras fotos e produtos esse é um recurso que deve ser acompanhado de forma periódica.
  • DisponibilidadeEste recurso é de suma importância para a reputação de sua loja virtual, pois é o tempo de disponibilidade do servidor ficar no ar, ou seja, a garantia de que não ocorram quedas constantes ou que seu site fique offline por grandes períodos de tempo. As melhores empresas de hospedagem garantem que o seu Uptime seja de 99% ou maior.
  • Tráfego – É o volume de informações trocadas entre os computadores que acessam o seu site e o servidor onde o site está hospedado, desse modo, quanto mais acessos tem o seu e-Commerce, mais tráfego é gerado.

Conclusão

Como vimos neste post, o processo da criação de um e-Commerce de sucesso começa a partir da escolha de um domínio, parte pelo tipo de hospedagem e a plataforma em que sua loja será desenvolvida.

Alguns fatores devem ser levados em consideração nesse caminho, como por exemplo, seu site deve estar focado em usabilidade para o cliente e em SEO para os buscadores.

Uma boa hospedagem fornece desempenho, segurança e velocidade para o seu site.

É preciso estar atento também ao gerenciamento do servidor para que não sobre ou falte recursos.

Se precisar de ajuda sobre hospedagem ou se quiser dar algum feedback sobre o artigo, deixe seu comentário.

*Conteúdo produzido por Bruno Ramon Scoz da SECNET.