Como ficarão as suas análises de dados com o Google Analytics 4.0? Entenda tudo sobre a nova atualização do GA!

Avatar Autor
Publicado por Gabriel Motta em 17 de junho de 2021

Diretor de operações e cofundador da INGAGE, Gabriel atua na área de Marketing Digital, colaborando para a construção de vários cases de sucesso.

O Google Analytics é um grande aliado das equipes de Marketing e, consequentemente, de negócios que investem na mensuração de sua performance na web. Mas, assim como tantos outros segmentos de mercado, a ferramenta precisou de adaptações para acompanhar as tendências de hábitos de consumo. Então, chegamos ao GA4.

Com a nova atualização, o Google Analytics 4.0 trará ganhos nos seguintes campos: obtenção de ROI do setor de Marketing no longo prazo, compreensão mais completa dos clientes, soluções para fornecer insights mesmo diante de restrições a cookies e identificadores.

Falaremos, a seguir, sobre o Google Analytics 4.0 em suas principais alterações e o que a sua empresa precisa considerar diante do GA4 e suas relações com o uso de dados.

Quais mudanças o Google Analytics 4.0 está trazendo?

A inserção do Google Analytics, combinada a uma cultura data driven eficiente, tem gerado benefícios imensuráveis aos negócios. Mas é fato que o mercado digital se transforma o tempo todo, seja para acompanhar os consumidores, seja para seguir a inovação das empresas. Os dados são os responsáveis por boa parte desse movimento.

Essa foi a motivação principal do GA4, com objetivo de integrar dados de páginas web e apps relevantes aos negócios. Também veio para orientar as empresas no cenário pós-implementação da LGPD, em que a proteção de dados pessoais pauta todas as ações realizadas na internet.

De acordo com pesquisa divulgada no Think Google, 84% dos tomadores de decisão nos negócios consideram essenciais as análises cruzadas de diferentes plataformas. Por outro lado, somente 43% deles contam com ferramentas implementadas em suas rotinas produtivas para conquistar esse objetivo. O Google Analytics 4.0 vem para suprir essa lacuna.

As principais mudanças da nova versão estão listadas a seguir.

Otimização da ferramenta

Sua empresa deve conhecer bem o Universal Analytics e o Firebase. Afinal, eram as ferramentas que, até então, forneciam análises de comportamento do consumidor nas páginas web e aplicativos, respectivamente. Devido à modelagem de dados, não era possível integrar a usabilidade dessas propriedades. Como vimos, isso muda com o GA4.

A coleta de dados será feita com base em eventos: cada interação do usuário com qualquer evento anônimo é processada para gerar insights. Assim, é possível conquistar maior flexibilidade, escalabilidade, além de personalização e agilidade na realização de cálculos — com uma visão ampla e analítica dos dados.

Uso de Inteligência Artificial e Machine Learning

As tecnologias de IA e Machine Learning contribuem para maior previsibilidade do comportamento do consumidor — libertando o negócio das amarras de cookies. Com base nos critérios de privacidade, a ideia é oferecer um monitoramento mais durável. As equipes vão receber notificações daquelas tendências relevantes às estratégias, com possibilidade de se antecipar às ações da audiência.

A partir dessa compreensão mais completa dos dados, será possível prever um churn ou a potencial receita de um cliente (com base em um grupo de consumidores de mesmo perfil), por exemplo.

Integração com produtos Google

Com objetivo de potencializar o ROI do setor de Marketing, o GA4 propõe a integração com outros produtos Google, como é o caso do Ads. Será possível produzir relatórios de conversão de visualizações em redes sociais, a exemplo do YouTube.

O recurso de exportar dados do Analytics para BigQuery também estará disponível para todos os usuários da ferramenta. Assim, você poderá realizar o armazenamento ou integrar a outras fontes de dados posteriormente. Esse é outro benefício para facilitar as tomadas de decisão do negócio.

Interface

Como era de se esperar, a interface do Google Analytics 4.0 também traz importantes diferenças se comparada à versão anterior. Mas o intuito ainda é oferecer, logo de cara, insights importantes ao negócio.

Entre outras mudanças, vale a menção a:

  • compliance para controle de dados para favorecer a adequação à LGPD;
  • relatórios mais segmentados de ciclo de vendas do consumidor;
  • liberação de acesso a funis personalizados;
  • análises de caminho a respeito dos funis.

time usando o Google Analytics 4.0 para tomar suas decisões

Quando as mudanças do GA4 serão aplicadas?

As mudanças do GA4 serão graduais, e a versão anterior ainda continuará disponível para uso, sem data para descontinuação. Porém, vale começar uma adequação para não ficar para trás e aproveitar melhor os recursos que o Google Analytics 4.0 tem a oferecer. O ideal é fazer o uso simultâneo das versões.

A previsão é de que nos próximos 2 anos, essas mudanças sejam intensificadas. Isso vai ocorrer sobretudo devido às restrições ao uso de cookies. Por ainda estar em fase de testes, antes de atualizar completamente para o GA4, é recomendado criar uma propriedade.

Na documentação do Google, é possível encontrar o passo a passo para criar a propriedade. Porém, basicamente, o caminho é o seguinte:

  • vá ao Administrador do seu Google Analytics, selecione Conta e, depois, Propriedade;
  • clique em Assistente de configuração do GA4, seguido do botão Primeiros Passos. Você verá a opção “Quero criar uma nova propriedade do Google Analytics 4” — e essa será a escolhida;
  • ative a coleta de dados a partir das suas tags, se fizer uso da tag gtag.js. Caso use a analytics.js no seu site e criador de sites/CMS ou gerenciador de tags do Google, terá que adicionar a tag manualmente;
  • selecione a opção Criar propriedade.

Como as novas mudanças afetarão o uso dos seus dados?

Diante de tais mudanças, é possível antecipar que a análise de dados de seu público-alvo será mais precisa e assertiva com o Google Analytics 4.0. Com isso, as tomadas de decisão terão ainda maior eficiência, tendo em vista a segmentação que independe de cookies, diferentemente da versão anterior.

Há também a questão da captação de dados de plataformas cruzadas. Assim, não será necessário investir em uma ferramenta para páginas da web e outra para aplicativos: o GA4 terá esse poder de integração. Logo, a equipe de Marketing terá uma compreensão global e mais aprofundada da jornada do cliente.

Análises que, outrora, dependiam de alterações em códigos das páginas agora podem ser feitas em tempo real na ferramenta, em um único painel.

O uso de dados tem potencial de requerer diversas mudanças às ferramentas de Marketing e tecnologia do mercado nos próximos anos. Para aproveitar os benefícios de atualizações como a do Google Analytics 4.0, é importante estar em sintonia com as tendências e aprimorar os serviços de seus times.

O GA4 não será a última atualização importante para o radar do seu negócio. Conhecer por completo as ferramentas de destaque no mercado pode ser um diferencial na performance de suas estratégias. Por isso, convidamos você a conhecer outras ferramentas essenciais para o Marketing empresarial!

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!