Gestão de vendas: 13 ferramentas para melhorar seus resultados!

Ingage
Ingage - 12 de novembro de 2019

Como é feita a gestão de vendas na sua empresa? Se você parou para pensar e/ou não tem uma resposta clara, saiba que precisa mudar esse cenário agora. Por meio das ferramentas apropriadas, é possível melhorar os resultados alcançados e tornar a equipe mais capacitada.

Focar as ações estratégicas de vendas é uma forma de se diferenciar no mercado e se posicionar perante a concorrência. Com as ferramentas certas, você otimiza suas ações, atrai mais clientes e executa os processos com mais eficiência.

Como alcançar esse patamar e decidir quais recursos são certos? É o que vamos explicar neste post, a partir de um panorama claro sobre a gestão das vendas empresariais. Confira!

Afinal, o que é gestão de vendas?

A prática de gerenciar as vendas consiste em adotar diferentes ações com o objetivo de melhorar os resultados comerciais. A ideia é aprimorar o direcionamento da equipe para que os processos da área se tornem qualificados e agreguem as atividades relacionadas, como publicidade, marketing, distribuição, pesquisa, produtos e preços.

Além dessa atuação ampla, o gerenciamento de vendas ainda abrange a organização e a gestão das equipes comerciais. Com essa visão, você identifica gargalos e encontra soluções para otimizar as vendas.

Por exemplo, é possível perceber que determinado vendedor apresenta resultados mais baixos que os outros. Nesse caso, o feedback e a capacitação ajudam a melhorar o cenário.

Outra possibilidade é perceber quais produtos são mais vendidos, as ações de marketing mais eficientes e quais são as tendências do mercado para sua empresa se adaptar ao novo contexto. Com isso, sua empresa emprega mais esforços nas vendas e percebe deficiências que podem ser trabalhadas.

Qual a importância da gestão de vendas para as empresas?

Muita gente acredita que essa prática é restrita às grandes corporações, mas ela é ainda mais importante para pequenos e médios negócios. Por terem uma posição diferenciada no mercado, precisam se destacar a partir de ações estratégicas, que ajudem a lucrar cada vez mais.

Essa ação requer a integração do setor de vendas e outras áreas relacionadas. Dessa forma, é possível alcançar as metas traçadas a partir de um planejamento eficaz. Outros benefícios atingidos são:

  • aumento da produtividade;
  • melhoria do produto ou serviço oferecido;
  • alcance de vantagem competitiva no mercado;
  • conquista de objetivos estratégicos;
  • engajamento dos colaboradores.

As metas traçadas servem, portanto, para direcionar as ações e promover a expansão do negócio. Ao estabelecer uma gestão eficiente de vendas, você otimiza os resultados e aperfeiçoa suas forças e fraquezas. A consequência é uma equipe bem estruturada, com domínio dos aspectos comportamentais, técnicos e operacionais.

Como melhorar a gestão de vendas na sua empresa?

O gerenciamento de vendas depende de práticas bem claras para surtir os resultados esperados. Existem diferentes ações a serem aplicadas, todas com o propósito de organizar o processo comercial, definir os objetivos e ser direcionado por eles, e colher os resultados esperados.

O que fazer? Listamos as dicas a seguir. Confira!

Elabore um planejamento

O gerenciamento das vendas depende de um preparo bem estruturado. Para isso, é preciso definir objetivos a serem trabalhados pela equipe. Junto, algumas atividades individuais também ficam delimitadas.

A melhor forma de elaborar esse documento é identificar o público-alvo da sua empresa, segmentar os mercados atendidos, além de determinar os valores dos produtos e os aspectos que os diferenciam. A partir desses detalhes, crie processos padronizados.

Eles devem ser flexíveis, mas especificados para proporcionarem o aprendizado organizacional. Da mesma forma, invista em treinamento e capacitação. Eles ajudam o vendedor a conhecer novas técnicas e aperfeiçoar a abordagem aos clientes.

Assim, quando uma objeção é apresentada, é mais fácil ultrapassá-la e mostrar ao consumidor por que vale a pena adquirir determinado produto ou serviço. Com o tempo, a tendência é aumentar as vendas.

Estruture uma liderança

O líder deve ser alguém com esse perfil, que tenha o respeito dos colegas e seja um exemplo. Ao receber esse título, o profissional será responsável por acompanhar o trabalho e o alcance das metas. Ele também deverá gerar relatórios, fazer comparativos e analisar estatísticas para saber como estão os indicadores.

Caso sejam identificadas falhas, o líder tem o dever de auxiliar os colaboradores e saber o que está acontecendo. Por isso, é fundamental construir uma relação de confiança e credibilidade, a fim de trabalhar a motivação e o engajamento sempre que necessário.

Organize sua empresa

O crescimento do negócio depende de práticas bem claras na gestão de vendas. As projeções devem se concretizar — e isso depende de processos bem definidos. Nesse momento, aproveite ao máximo as competências de cada profissional.

Observe em quais atividades cada indivíduo executa com mais precisão e organize o time de acordo com essas habilidades. Por exemplo, o melhor prospectador trabalha com a atração de clientes. Por sua vez, o melhor negociador atua na frente para encarar as objeções.

Essa prática ainda evita que os vendedores atuem de acordo com sua intuição e aumenta as chances de conversão de vendas. Com o auxílio das ferramentas certas para o gerenciamento das vendas, a equipe vai atuar de maneira estratégica e focar naquilo que realmente importa: os clientes.

Quais ferramentas ajudam nesse processo? Conheça as 13 principais

gestão de vendas

Usar soluções tecnológicas é uma forma de automatizar as funções das equipes de vendas e organizar as rotinas. Cada ferramenta tem um objetivo específico. Por isso, algumas são complementares e ajudam a levar sua empresa ao sucesso.

Dentro das opções disponíveis no mercado, quais delas são as mais indicadas para empresas de todos os portes? Apresentamos as 13 principais a partir de agora.

1. Pipedrive

Conhecido e utilizado em todo o mundo, o Pipedrive tem como foco a gestão do funil de vendas. Para isso, tem uma interface simples e intuitiva.

O CRM é direcionado para melhorar o relacionamento com os clientes. Para isso, armazena diferentes informações em um dashboard único, que permite verificar o status das atividades, atender às necessidades, fazer previsões de vendas, gerar relatórios, gerenciar todo o funil e mais.

O sistema tem suporte em português — o que é uma boa notícia! Ele promete um aumento médio de 28% no total de negócios fechados depois do primeiro ano de uso. O valor do plano começa em 12,50 dólares, mas você pode fazer um teste grátis por 14 dias.

2. Agendor

É um software brasileiro e com bons recursos para fazer um controle comercial das equipes de venda. A plataforma de CRM é completa e funciona como um assistente pessoal e painel de controle para gerenciar as vendas B2B.

Apesar de ser simples de usar, tem vários recursos. Entre os principais estão:

  • painel com funil e pipeline de vendas;
  • registro e notificação de atividades;
  • análise de interação com os clientes, com detalhamento do histórico de contato e facilidade de consulta;
  • geração de relatórios com métricas de venda atualizadas.

O plano do Agendor custa R$ 35,10 por usuário, com todas as ferramentas inclusas. Você também pode solicitar um teste grátis por 14 dias.

3. Salesforce

Quer aproveitar os recursos do líder de mercado quando o assunto é gestão de vendas? É só contratar o Salesforce. Apesar de ter versão em português, a desvantagem é sua complexidade, o que pode levar a uma dificuldade maior no manuseio.

Para oferecer um panorama sobre seu negócio, várias aplicações de vendas, serviços e marketing são oferecidas. Entre elas estão:

  • CRM;
  • atendimento ao cliente;
  • comércio integrado;
  • analytics;
  • capacitação.

Com esses recursos, você melhora a experiência dos clientes e as taxas de conversão. Isso porque obtém dados e informações que subsidiam suas decisões e sinalizam o que os consumidores gostam.

Para ter acesso às funcionalidades, o valor é de 25 dólares pela solução de marketing e vendas para até cinco usuários por mês.

4. Olark

Voltado para um atendimento rápido, o Olark é uma ferramenta de chat que resolve as dúvidas no menor tempo possível e sem exigir tanta interferência humana. Ainda que conte apenas com versão em inglês, traz vários benefícios, como:

  • personalização de interações;
  • automação dos diálogos, para evitar a perda de tempo;
  • obtenção de dados pelo analytics;
  • engajamento dos clientes em tempo real.

Devido a essas características, você gerencia melhor o atendimento aos clientes e pode integrar as conversas a outros softwares, como Hubspot, Salesforce, Google Analytics, WordPress etc. O valor do Olark começa em 12 dólares anuais por usuário.

5. Help Scout

É uma solução de help desk que trabalha o sucesso do cliente. Com o Help Scout, você gerencia e organiza as interações e demandas pela abertura de tickets administrados pela plataforma. Assim, você sabe quantas perguntas foram respondidas, quais clientes esperam retorno e mais.

Com a plataforma, você executa várias atividades. Por exemplo, conversa com os consumidores, entrega respostas imediatas, monitora os clientes mais importantes e fornece dados relevantes.

6. BuzzSumo

Pensou em saber mais sobre seus clientes antes de ter a primeira interação? É o que o BuzzSumo oferece a partir dos conteúdos com o maior engajamento nas redes sociais. Você descobre quais são eles e os tópicos que geram mais interesse do público para obter insights.

Para oferecer esse patamar, o software trabalha com quatro componentes-chave: descoberta, pesquisa, influenciadores e monitoramento. Também há recursos de API para desenvolvedores. Os planos começam em 99 dólares por mês, mas você pode fazer um teste gratuito por sete dias.

7. Google Trends

Oferece as tendências de busca de usuários para diferentes termos. Assim, você se antecipa e direciona suas ações para ter o resultado esperado. Para isso, é possível colocar filtros por localização a data. Assim, também se torna mais fácil fazer comparações para identificar a melhor forma de impulsionar o negócio e explorar oportunidades.

Além de obter informações em tempo real, você também consegue verificar quais foram as principais palavras-chave de busca durante o ano. Assim, o Google Trends ajuda a promover suas ações de marketing, atrair mais clientes, fechar mais negócios e aproveitar oportunidades.

Caso queira verificar um determinado termo ou tópico, basta inseri-lo no campo específico e conferir os resultados. A principal vantagem é ser uma ferramenta totalmente gratuita.

8. SimilarWeb

Sinaliza como está a presença online da sua empresa. Com o SimilarWeb, você sabe quantas visitas recebeu no site, quais são os resultados da concorrência, as principais fontes de tráfego, os temas de interesse mais relevantes e mais.

Por indicar as melhores estratégias de vendas e marketing, é uma solução inteligente, que permite conhecer a estratégia digital dos concorrentes, descobrir oportunidades, identificar tendências e compreender a jornada do consumidor.

A ferramenta está disponível em português. Ela tem uma versão gratuita, mas você pode ter acesso a mais recursos com um perfil pago.

9. LinkedIn Sales Navigator

Tem foco no outbound marketing, mas faz a prospecção pelas redes sociais. É uma solução de vendas do LinkedIn, que permite construir uma estratégia de segmentação e abordagem a partir das informações conseguidas com empresas e profissionais.

Com o Sales Navigator, você acompanha e interage com os prospects com a ajuda de várias funcionalidades, como mensagens, filtros de pesquisa, visualização e organização por meio de marcadores.

Ainda é possível obter recomendações de leads, fazer pesquisa avançada e integrar a ferramenta ao seu CRM. Antes de contratar o plano, você tem a chance de aproveitar os recursos gratuitos.

10. Tableau

Agrega Business Intelligence (BI) à gestão de vendas para alcançar melhores resultados e usar os dados para finalidades comerciais. O Tableau combina diferentes fontes de dados e trabalha com vários arquivos e planilhas para gerenciar as análises em tempo real.

Usar essa ferramenta é uma maneira de elevar seu negócio a outro patamar. Os dados são encarados de maneira diferenciada e ajudam a atingir os objetivos estratégicos. Por isso, a solução promete 30% de aumento na eficiência e 90% de redução do tempo de análise.

Para contratar o sistema, é possível ter um plano individual ou para equipes. Ainda é possível fazer um teste grátis.

11. Zendesk

É uma ferramenta de vendas mais conhecida pelo chat online, mas com vários outros recursos, como autoatendimento, central telefônica, campanhas proativas e geração de análises e relatórios. Você pode adquirir o Zendesk completo ou com alguns módulos.

O grande benefício é gerenciar o atendimento aos clientes e poder engajá-los com mais facilidade. Você ainda conquista uma base de conhecimento inteligente e tem acesso a dados que facilitam a gestão das vendas da sua empresa.

Você pode fazer um teste grátis e depois contratar a solução. O software completo custa a partir de 89 dólares por agente por mês, mas há possibilidade de contratar apenas um módulo.

12. RD Station

Consiste em um software de automação que permite gerenciar várias etapas do inbound marketing. Entre elas estão:

  • atração de visitantes qualificados;
  • captação de leads por landing pages;
  • construção de relacionamento com os prospects;
  • análise de resultados para buscar o melhor retorno sobre o investimento (ROI).

O RD Station ainda pode ser integrado a outras ferramentas. É possível fazer um teste grátis e depois contratar o software. Os planos começam em R$ 59 por mês, sem contrato.

13. Typeform

Focado na realização de pesquisas e sondagens com os clientes, o Typeform é uma ferramenta voltada para a elaboração de formulários. A versão é freemium, ou seja, tem alguns recursos gratuitos e o restante é pago.

A vantagem é personalizar as pesquisas conforme a marca e analisar os resultados no dashboard do Typeform ou pela exportação em arquivos do Excel. Desse modo, você consegue dados melhores e que ajudam a tomar decisões.

Como você pôde perceber, existem diferentes ferramentas disponíveis para a gestão de vendas. Algumas delas, inclusive, são essenciais para o marketing digital. Lembre-se de que essa ferramenta é importante para aumentar os negócios fechados e atingir melhores resultados.

Agora que você sabe quais ferramentas são importantes, que tal saber mais? Veja como utilizar o marketing digital para bater metas de vendas.

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!