Como anunciar no Youtube: Passo a passo completo para criar uma campanha de sucesso

Guilherme Harrison
Guilherme Harrison - 18 de Janeiro de 2016

Você sabia que, de todo tráfego de Internet, 17% é na plataforma do YouTube? Isso é uma quantidade de tráfego enorme — e você pode tirar proveito disso, ajudando a promover sua marca. Até hoje, algumas das maiores marcas mundiais (incluindo o Facebook e o Google Earth), investiram pesado em campanhas de marketing de vídeo no YouTube. Mesmo as pequenas marcas podem alavancar com poder da rede do YouTube, embora, para isso, seja preciso definir metas claras e desenvolver uma abordagem organizada para construir campanhas que resultam em um ROI (Retorno Sobre Investimento) positivo.

Por isso, preparamos um guia com tudo que você precisa saber sobre como anunciar no Youtube. Confira:

Estatísticas do YouTube: Por que Anunciar no Youtube? 

Foram gastos mais de 1 bilhão em anúncios do YouTube em 2014, e o balanço de 2015 deve chegar a um número ainda maior, uma vez que:

  • As conversões no YouTube  superam muito as de outros sites de redes sociais: a taxa de conversão média no YouTube é 14%, o que é 40% a mais do que a do Facebook.
  • Os anúncios de vídeo no YouTube são incrivelmente rentáveis quando se trata de geração de tráfego.
    • A receita dos parceiros teve um aumento anual de 50% e esse nível de crescimento da receita de parceiros se manteve nos últimos três anos.
  • O número de canais que recebem seis dígitos por ano pelo YouTube cresceu 50% ao ano.
  • Todas as 100 principais marcas globais usaram os anúncios TrueView no ano passado, e 95% dos anunciantes em TrueView realizaram campanhas em telas. Houve também um crescimento de 45% no uso do TrueView por novos anunciantes em 2014.

Veja aqui mais motivos para investir em Anúncios em Vídeo

Tráfego barato e que converte tão bem? Você provavelmente está se perguntando qual é a pegadinha. O problema é que para criar vídeos de qualidade e otimizar uma campanha publicitária que converta leva tempo. Mas, se você está disposto a fazer o investimento, os resultados podem ser impressionantes.

Aqui estão as diretrizes básicas para ajudar você no seu caminho para uma campanha de  publicidade bem sucedida no YouTube:

Passo a passo para começar a anunciar no YouTube:

  1. Crie um canal no YouTube

Assim como precisamos andar antes de correr, você precisa criar um canal no YouTube antes de executar qualquer anúncio. Siga as etapas seguintes para criar seu novo canal em menos de 10 minutos:

  • Crie Sua Conta do YouTube

Você precisará entrar no YouTube antes poder criar uma conta. E, já que o YouTube faz parte do Google, você pode entrar no sistema com seu e-mail pessoal ou empresarial do Google (Gmail)

  • Vá Para Página “Meus canais”

Clique na aba que diz “Todos os meus canais.” Se você está tendo dificuldade em encontrá-la na sua página de perfil, este link levará você até lá.

  • Crie o Seu Canal

Em seguida, você verá uma caixa de diálogo que diz: “Criar um novo canal.” Clique nesse botão para criar o seu canal no YouTube, e escolha um nome que seja relevante para a sua marca e atraente para seus usuários. Em seguida, selecione a categoria que seu canal se encaixa. Você pode optar por criar um canal para uma marca/produto ou para a sua empresa como um todo.

Lembre-se, você sempre pode criar vários canais. Dependendo da organização e do tamanho da sua empresa, pode valer a pena a criação de um canal para a sua marca e outros para seus principais produtos. No entanto, a maioria das pequenas empresas acha mais fácil simplesmente criar um canal único para o seu negócio inteiro.

Antes de aceitar os termos e condições do YouTube e clicar no botão ‘concluído’,  pense direito sobre o nome e categoria escolhidos. Pense em como o título do seu canal vai afetar tanto sua estratégia de branding quanto suas classificações de SEO (otimização para mecanismos de pesquisa). Entenda o que é SEO e como ele pode auxiliar sua empresa

Por estas razões, pode ser uma boa ideia incluir palavras-chave relevantes em seu título (como seu ramo e a região em que você opera), mas é ainda mais importante incluir o nome da sua marca, já que é o que pessoas vão procurar e associar ao seu canal.

Não se prenda demais ao SEO, afinal existem outros meios que você pode utilizar para melhorar o posicionamento do seu canal, tais como incluir palavras-chave importantes em suas descrições de canal e vídeo. Veja aqui 6 erros de SEO que você nunca deve cometer

2. Forneça Detalhes na Sua Conta antes de anunciar no Youtube

Você já criou seu canal do YouTube — mas ainda não tem nenhuma informação para os seus espectadores. Antes que alguém queira seguí-lo, você precisará fornecer alguns detalhes importantes e fazer upload de alguns vídeos. Mesmo se você não tenha esses vídeos ainda, você pelo menos pode fornecer uma descrição do seu canal, assim as pessoas saberão o que esperar no futuro.

Adicione sua descrição clicando na aba “Sobre” na página do seu canal. Lá, Você precisará clicar no botão “+Descrição do canal”, que abrirá um formulário onde você pode adicionar uma breve descrição. 

Certifique-se que a descrição informa seus visitantes sobre sua marca, bem como os tipos de conteúdo que você pretende colocar no canal. Para obter melhores resultados de SEO, inclua algumas das suas palavras-chave principais nos primeiro 70 caracteres da sua descrição para melhorar suas chances de classificação para elas. Não é necessário se exceder – incluir uma palavra-chave uma ou duas vezes na descrição é o suficiente para ajudar a melhorar a sua classificação. 

Você também pode adicionar links na sua descrição para ajudar a direcionar o tráfego para seu site ou seus perfis em mídias sociais. Dito isso, há algumas coisas que você precisa saber:

  • Estes são links nofollow, então não há nenhum motivo para usar palavras-chave com texto ancora (hiperlink). É melhor criar um link de marca ou algo com um Call to Action (Chamada para ação) convincente para atrair visitantes.
  • O YouTube proíbe links que parecem muito com spam, portanto, tenha cuidado sobre como estruturá-los e com quantos você vai colocar.

Configure sua descrição cuidadosamente. Já que maioria das pessoas irão visitar seu canal no YouTube para ver seus vídeos, a biografia da sua marca desempenha um papel importante no branding, assim como direcionar o tráfego também.

 

3. Crie e Faça Upload de Seus Vídeos

 

como-fazer-upload-videos-youtube.jpg

Este não deveria ser  uma surpresa. Obviamente você precisará criar e fazer upload de alguns vídeos interessantes para seu canal; caso contrário, não haveria muito sentido promover seu canal.

Porém, só porque algo é óbvio e necessário não significa que é fácil. Esta etapa é definitivamente a que mais leva tempo— na verdade, ela poderia preencher um guia (ou dois, ou três) falando somente disso. E apesar de uma explicação completa sobre como criar vídeos atraentes estar além do foco deste artigo, quero enfatizar a importância de certificar-se de que seus vídeos vão apoiar seu posicionamento de  marca de forma positiva.

Não seria preciso falar isso, mas mesmo grandes marcas como a Sony já cometeram erros tremendos  ao fazer vídeos para o YouTube. Veja aqui alguns dos principais erros cometidos por empresas no Youtube

 

4. Vincule sua conta do Adwords para o seu canal do Youtube

google-adwords-youtube.png

A próxima coisa que você precisará fazer é vincular sua conta do Adwords com seu canal do YouTube. Ao fazer isso, sua conta no YouTube e no Adwords ainda serão separadas; em outras palavras, alguém com acesso à conta do Adwords não pode carregar ou excluir vídeos – a menos que esta pessoa tenha acesso ao canal, assim como não é possível para o administrador da conta do canal do YouTube criar campanhas do Adwords. Esta é uma distinção importante para ter em mente se pessoas diferentes são responsáveis por diferentes partes de sua campanha de marketing de vídeo em sua empresa.

 Aproveite para ler como elaborar Campanhas no Adwords de Forma Eficiente

 O Google fornece instruções claras sobre como vincular seu canal no YouTube e sua conta do Adwords nesta página, mas aqui está um breve resumo do processo:

  • Entre no seu canal do YouTube.
  • Clique na aba “Meu canal” depois de clicar no ícone do seu canal.
  • Clique em “Avançado” na parte de baixo da página do seu canal.
  • Você verá uma aba chamada “Link um Adwords a uma conta de vídeo”, que terá um link “Link uma conta do Adwords” nele. Clique neste link para finalizar o processo.

Uma vez concluído, você deve receber uma notificação de e-mail indicando que o processo foi realizado com sucesso. Você precisará repetir este processo para cada canal que criar.

RECAPITULANDO: Antes que você possa lançar a sua campanha de publicidade no YouTube, você precisa criar um canal no YouTube para sua marca ou produto. Na medida em que for fazendo isso, tome tempo para otimizar cada uma das áreas-chave listadas acima para SEO e estratégias de marca. 

Leitura Sugerida:  Aprenda como calcular o ROI (Retorno em Investimento) no Google Adwords

5. Planeje uma estratégia de lance no Youtube

Agora que seu canal do YouTube está no ar, é hora de começar a trabalhar e criar alguns anúncios. Este processo vai ser bastante extenso e requer um pouco de testes. Mas o problema está nos detalhes, então certifique-se que você seguiu estes passos cuidadosamente para tirar o máximo de proveito de seus anúncios em vídeo.

Compreenda o processo de lance do YouTube

A maioria dos usuários do Adwords cria campanhas utilizando um CPC (custo por clique) para estratégia de lance. Embora você também tenha a opção de criar campanhas custo por visualização (CPV), a maioria das pessoas que já utilizam o Adwords Pesquisa e Display acreditam que o CPC é menos arriscado e mais fácil de otimizar.

A vantagem do CPV para o CPC é que você só vai pagar quando os usuários realmente assistirem seu vídeo. Dessa forma, você sabe que você está aplicando bem seu dinheiro (se esses anúncios forem vistos pelas pessoas certas).

6. Escolha sua oferta

Certamente, antes de sequer pensar em criar qualquer anúncio, você precisará decidir quanto você está disposto a pagar. Lembre-se, a oferta do CPV é o preço que está disposto a pagar toda vez que alguém vê o seu vídeo. Há muito menos oscilação em CPV do que em campanhas CPC, que cobram apenas quando ocorre um clique.

Outra coisa importante para se ter em mente é que a oferta que você definir não é necessariamente o preço real que você pagará por visualização. Você sempre será cobrado um centavo acima do segundo menor preço. Por exemplo, se você definir seu CPV em R$0,25, mas o lance mais alto seguinte é R$0.16, você só será cobrado em R$0,17 pela visualização.

Aumentar sua oferta pode ajudá-lo a obter mais tráfego, mas você ainda precisará escolher limites de oferta que são confortáveis para você. CPVs podem variar significativamente conforme outros anunciantes mudam suas ofertas, consumam os orçamentos ou mudem a estratégia de segmentação. O que você quer é definir o lance máximo para que você gere tráfego suficiente para o seu vídeo, mas baixo o bastante para que algumas mudanças no preço dos seus concorrentes não esgotem seu orçamento muito rapidamente.

Então qual é uma boa oferta para definir para seus anúncios do YouTube?

Em última análise, depende da quantidade de tráfego que você deseja gerar e como você está direcionando seus anúncios. Tenha em mente, também, que o Adwords permite que você crie ofertas personalizadas para os diferentes grupos que você deseja atingir. Para criar lances personalizados para as suas campanhas, clique nas seções “Todas as campanhas do vídeo” em sua conta do Adwords e, em seguida, abra a guia “Públicos-alvo”, que irá mostrar uma coluna ” Ajuste de lance”. Perto dessa coluna, você verá um pequeno ícone que diz “Personalizar ofertas por formato.” Clique neste botão para definir ofertas de lances  para as diferentes categorias ou usuários segmentados

RECAPITULANDO: Quando você estiver definindo os lances, você precisa certificar-se de que seu CPVs são altos o suficiente para gerar impressões dos seus usuários/público-alvo. A criação de lances personalizados  para obter impressões de diferentes tipos de usuários pode ajudar a melhorar seu ROI (Retorno Sobre Investimento).

7.  Defina  suas opções de segmentação


Você pode criar o melhor anúncio e produzir os melhores vídeos do seu ramo, mas não vai adiantar nada se você não fizer com que as pessoas certas os assistam. O Adwords tem algumas opções ótimas de segmentação que você pode usar para se certificar de que as pessoas estão assistindo seus vídeos.

Aqui estão algumas opções:

Escolha temas

Obviamente, você quer se certificar de que seus anúncios são mostrados em vídeos que são semelhantes aos seus. Se você está vendendo sabonetes artesanais, não vai querer que seus anúncios apareçam em vídeos de esportes (a não ser que estes dois interesses se sobreponham para seu público-alvo).

O Google fornece uma lista de vários temas diferentes que você pode escolher. Algumas das categorias são bem amplas, como “Beleza e Fitness.” Você terá uma maior visibilidade escolhendo essas categorias de temas, mas você conseguirá alcançar seu público alvo  se você for mais específico e escolher as subcategorias como “Concursos de beleza” ou “Cuidados faciais e corporais”. Algumas destas subcategorias são ainda mais focadas. Por exemplo, sob “Cuidados faciais e corporais”, há um terceiro nível ainda mais especifico que inclui categorias como “Produtos de higiene” e “Perfumes e fragrâncias”. 

Escolha temas que são específicos ao seu nicho, mas tenha em mente que pode ser difícil determinar antecipadamente qual destas opções de segmentação irá converter melhor. Por esta razão, é sempre uma boa ideia testar várias categorias que podem estar relacionadas com os seu público alvo.

Interesses do Usuário Alvo

O Google lançou recentemente uma nova opção de direcionamento: a capacidade de marcar usuários alvo com base em seus interesses. Você pode selecionar pessoas que acompanham as notícias, que são super fãs de esportes, que gostam de trabalhar em projetos tipo “faça você mesmo” ou que têm uma variedade de outros interesses. Você ainda pode selecionar múltiplos interesses para atingir um público mais restrito, melhorando ainda mais suas conversões.

Dito isto, você não vai querer escolher tantos interesses a ponto de não conseguir atingir a base suficiente grande de usuários alvo com seus anúncios. Sua melhor aposta é geralmente começar com um ou dois interesses e monitorar seu tráfego e conversões por um tempo antes de selecionar interesses adicionais para segmentar.

 Considere focar em vídeos específicos do YouTube

O Adwords lhe dá a opção de focar em vídeos específicos do YouTube. Tudo o que você precisa fazer é copiar e colar a URL para o destino de inserção. Isso pode ser uma boa idéia se você encontrou alguns vídeos que são altamente relevantes para a sua campanha, apesar de ser bom garantir que os vídeos que você selecionar têm tráfego suficiente para apoiar seus anúncios e suas metas de campanha.

Frases de busca do público alvo

Qualquer um que já executou uma campanha no Adwords sabe que você dá lances nas palavras-chave relevantes para seu produto ou serviço e com o Youtube não é diferente. Embora a plataforma ofereça muitas outras opções de segmentação, o Adwords permite que você faça a mesma coisa quando estiver definindo o lance  para seus anúncios do YouTube.

Use esse recurso para dar o lance para determinadas palavras-chave ou frases que as pessoas irão digitar na barra de busca do YouTube.

RECAPITULANDO: O YouTube oferece uma enorme variedade de opções de direcionamento, e você deve usar o potencial máximo disso.  Identifique dados demográficos e o comportamento dos usuários que estão mais propensos a manifestar interesse em sua marca e teste como essas diferentes opções de filtragem afetam a resposta aos seus anúncios.

8. Construa Seu Anúncio no Youtube

Depois de configurar suas opções de segmentação e ter vídeos prontos para serem promovidos, é hora de criar o seu anúncio. Para sua sorte, você tem uma variedade de opções disponíveis para aproveitar.

Conheça suas opções de anúncio

Não há um único tipo de anúncio de YouTube que seja certo para todas as campanhas. Para melhores resultados, você pode testar combinações dos seguintes formatos de anúncio:

  • Anúncios de vídeo

videoads.png

São os anúncios patrocinados que são reproduzidos antes do início de vídeos. A duração do  anúncio depende da permissão concedida ao usuário de pular ou não a exibição do anúncio: 60 segundos – caso ele possa pular o vídeo patrocinado- e 15 segundos, caso sua reprodução seja obrigatória. Essa modalidade permite que você exiba um anúncio na barra lateral do Youtube (In Stream Videos) de forma adicional, sem nenhum custo.

  • In-Video Overlay Ads
  • Esses anúncios estão disponíveis apenas para Desktop e podem ser segmentados para vídeos de sua escolha.
  • Ficam sobrepostos aos vídeos e ocupam cerca de 20% da parte inferior.  
  • Podem vir acompanhados de um banner lateral

TrueView In Display Ads

trueview_1.png

 

Esse é o formato que é possui uma maior variedade de aplicações. Compatível tanto com desktop e aparelhos móveis, essa modalidade são anúncios gráficos.  Podem ser exibidos na busca do YouTube, Como Overlay em um Vídeo, Nos Vídeos Relacionados, na Home Page do Youtube e na rede de Display do Google.

Veja aqui 6 formas de escrever anúncios matadores

Dicas para escolher o formato de anúncio ideal para sua campanha de YouTube Ads:

O formato de anúncio ideal para a sua marca vai depender de seus objetivos de público e conversão. Tenha as seguintes recomendações e considerações em mente:

  • Anúncios em vídeo são ótimos para chamar a atenção e engajar pessoas que não tem nenhuma experiência anterior com a sua marca.
  • Anúncios que podem ser pulados tendem a proporcionar uma melhor experiência de usuário. Eles são mais engajadores  porque os usuários estão escolhendo assistir o vídeo, ao invés de serem obrigados. No entanto, converter os usuários com vídeos que podem ser pulados pode ser difícil, porque você precisa realmente prender sua atenção nos primeiros cinco segundos. Se você escolher essa opção, tente apresentar todas as suas ideias importantes em poucos segundos e então sutilmente revelar outras informações interessantes em todo o resto do vídeo.
  • Usar anúncios in-search pode ser uma maneira poderosa para construir a confiança com os usuários que buscam porsua marca. Eles são especialmente eficazes se usados em conjunto com a publicidade televisiva, já que muitos consumidores procuram marcas no YouTube depois de ver os seus anúncios na televisão.
  • Anúncios de busca também podem ser uma boa maneira de se conectar com os usuários em diferentes estágios do processo de compra. Para fazer isso, identifique os clientes que estão pesquisando com palavras-chave que indicam que eles estão tentando encontrar mais informações sobre os produtos que você oferece e aproveite esta oportunidade para apresentar a sua marca.

Cada um destes anúncios pode ter um lugar em sua campanha, mas é você quem vai decidir  como melhor envolver-se com seus clientes-alvo e como determinar qual etapa do processo de compra eles estão.

9. Escolha um Vídeo para o Seu Anúncio no YouTube

Em seguida, você precisará selecionar um dos vídeos que você carregou em seu canal no YouTube para exibir no seu anúncio. Se você não tiver criado um vídeo especificamente para a sua campanha, certifique-se de que o vídeo que você escolheu reflete a mensagem que você deseja transmitir para os seus espectadores. Se você está escolhendo um vídeo  do seu canal, você também deve verificar se o comprimento do vídeo está dentro dos limites permitidos pelo seu tipo de anúncio. Se não, você pode precisar fazer algumas edições para encurtá-lo.

10. Defina o destino para o seu anúncio

Para onde você quer que os seus espectadores sejam direcionados depois que clicarem em seu anúncio? O Adwords permite que você os dirija para seu canal do YouTube ou um dos seus vídeos. Se seus espectadores estão interagindo com sua marca pela primeira vez, pode ser preferível direcioná-los para seu canal, assim você dará a eles a oportunidade de navegar por todos os seus vídeos e conseguir entender bem sua marca.

Por outro lado, se você está segmentando para  usuários que já estão prontos para se tornarem clientes, direcioná-los para vídeos com um Call to Action claro pode ser mais vantajoso. Assim como em cada passo deste processo, são os testes regulares que  irão revelar se você selecionou ou não o destino correto para o seu anúncio do YouTube.

RECAPITULANDO: A sua capacidade de envolver-se efetivamente com o seu público vai alavancar ou arruinar sua campanha de publicidade no YouTube. Personalize seus anúncios e vídeos para seu público-alvo  e certifique-se de que eles complementam suas metas de conversão.

Toda empresa pode anunciar no YouTube e conquistar mais clientes

O YouTube continua sendo o site mais popular para compartilhar vídeos na Internet — e por boas razões. O grande número de usuários do site mostra que você não terá qualquer dificuldade em segmentar seus anúncios para direcionar as pessoas que têm maior probabilidade de estarem interessadas em seus produtos e serviços. No entanto, ter sucesso com este método de marketing ainda requer muito trabalho. Você precisará criar vídeos de alta qualidade e investir em testes e direcionamentos contínuos para executar uma campanha bem sucedida do YouTube.

Você já usou anúncios no YouTube para fazer sua marca crescer? Sinta-se livre para compartilhar dicas ou truques que você usou na sua campanha nos comentários: