As 7 redes sociais mais usadas em 2020 – e o que podemos aprender com elas!

Avatar Autor
Publicado por Gabriel Motta em 27 de janeiro de 2017
Atualizado em 18 de agosto de 2021

Diretor de operações e cofundador da INGAGE, Gabriel atua na área de Marketing Digital, colaborando para a construção de vários cases de sucesso.

Você sabe quais são as redes sociais mais usadas por empresas e clientes em 2020? O Facebook ainda lidera a lista, porém, outras mídias sociais despontam neste ano, como o TikTok e o Pinterest.

As redes mais usadas, por número de usuários são:

  1. Facebook (2,5 bilhões de usuários)
  2. YouTube (2 bilhões de usuários)
  3. Instagram (928,5 milhões de usuários)
  4. TikTok (800 milhões de usuários)
  5. LinkedIn (663,3 milhões de usuários)
  6. Pinterest (400 milhões de usuários)
  7. Twitter (339,6 milhões de usuários)

Continuamente, o universo digital está se modificando. Isso significa que, a cada ano, novas redes sociais surgem ou se intensificam e se atualizam, dependendo dos hábitos dos usuários. Compreender essas tendências é crucial para estratégias mais bem acertadas e orientadas, tornando suas ações mais contundentes.

Para lhe ajudar, montamos este conteúdo completo com as redes sociais mais usadas pelas empresas e seus clientes e várias dicas importantes sobre cada uma delas. Siga conosco!

Por que investir em redes sociais?

Independentemente do que você vende ou de quem compra de você, as redes sociais geralmente serão a melhor ferramenta de marketing para fortalecer sua marca e aumentar as suas vendas.

Atualmente não ser ativo nas redes sociais é como ter uma loja sem vitrine e nenhuma propaganda – e reclamar que nenhum cliente bate à sua porta desejando comprar de você. Parece absurdo que alguma empresa tenha uma atitude como essa? Pois é exatamente isso que elas fazem quando deixam de marcar presença em alguma rede social importante para seus clientes e seu nicho de mercado.

Abaixo, listamos alguns dos motivos para que a sua empresa utilize as redes sociais em suas estratégias digitais.

As redes sociais permitem que mais pessoas encontrem o seu negócio

Ninguém vai comprar um produto ou um serviço se não souber que ele existe. Essa informação parece óbvia. Mas o que queremos dizer com ela é que uma presença bem estabelecida nas redes sociais permite que mais pessoas conheçam o seu negócio e considerem a sua empresa na hora em que precisarem.

As redes sociais ajudam a criar relacionamento entre a sua marca e o seu público

Parte do que faz empresas serem bem aceitas nas redes é a capacidade de interação que elas criam com os clientes. Responder dúvidas, elogios, críticas e se manifestar diante de problemas envolvendo o seus clientes cria um vínculo importante com eles. Acredite, as pessoas tendem a procurar quem as trata bem e nos negócios isso não é diferente.

Seus concorrentes provavelmente estão presentes nas redes sociais

Enquanto você fica se perguntando se deve participar das redes sociais ou não, muitos consumidores em potencial encontram outras empresas com a solução que precisam. Não fazer parte das redes nas quais seus clientes estão é estar um passo atrás da sua concorrência.

Quais os hábitos dos usuários e tendências em termos de redes sociais?

De acordo com a pesquisa da Global Web Index, em média, os usuários de mídias sociais gastam 2 horas e 24 minutos por dia – e estão presentes em cerca de 8 redes sociais e aplicativos de mensagens.

No Brasil, os números são ainda mais expressivos. De acordo com os dados da Global Digital Overview, 66% dos brasileiros usam as redes sociais e gastam uma média de 3 horas e 31 minutos por dia, ficando em terceiro lugar no ranking das populações que passam mais tempo nas mídias sociais, apenas atrás da Filipinas e da Colômbia.

Tendências

O uso das redes sociais é uma crescente no Brasil e no mundo, contudo também existem algumas tendências em relação ao comportamento desses usuários – que devem ser compreendidas para estratégias e experiências ainda mais adequadas.

A mesma pesquisa que citamos acima, mostrou que, de maneira geral, a população mundial está mais consciente em relação ao uso da internet. Um exemplo disso vem das mudanças das próprias redes sociais, como o Instagram que aboliu a visualização de likes, na tentativa de reduzir a sensação de “captura” dos usuários.

Para os próximos anos, essa deve ser uma tendência forte – e as marcas precisam seguir por esse caminho, ajudando os consumidores a estabelecerem uma relação mais saudável com as redes sociais.

Outro ponto interessante é que as empresas também devem se atentar para a proliferação de fake news. Assim, passa a ser papel das marcas ter atitudes mais transparentes e ajudar no combate à desinformação.

Independentemente da rede social escolhida, o que os consumidores desejam são conteúdos que dialoguem com suas experiências de vida. Dessa forma, as marcas devem reduzir as publicações institucionais, visando levar mensagens que criem conexões, com histórias empáticas e ações pensadas na realidade de cada consumidor.

Quais as redes sociais mais usadas por empresas e clientes?

Além de entender as tendências e o comportamento dos usuários, é indispensável saber quais são as redes sociais mais usadas – para, então, criar estratégias que ajudem a fortalecer o posicionamento do seu negócio nessas plataformas. Vamos a elas.

1- Facebook

Facebook e a rede social mais usadas nas empresas

Apesar dos inúmeros desafios enfrentados pelo Facebook nos últimos anos, essa ainda é a rede social mais usada em todo o mundo. De acordo com a pesquisa We Are Social, o Facebook já deve ter ultrapassado a marca histórica de 2,5 bilhões de usuários ativos mensais – e esses números continuam a crescer de forma constante na maioria dos países.

Porém, por várias razões, os profissionais de marketing têm tido mais dificuldade em alcançar a maioria desses usuários usando a publicidade da rede social – e as próprias ferramentas de publicidade do Facebook indicam que a audiência total endereçável da rede é de 1,95 bilhão, ou cerca de 80% dos usuários ativos.

Apesar desses bons números, nos últimos anos, o Facebook registrou queda de audiência, especialmente em países como Índia, Espanha e Coreia do Sul.

A pesquisa ainda nos mostra que, quando o assunto é marketing, o Facebook permite que as empresas alcancem 1/3 de todos os adultos do mundo com mais de 18 anos e mais da metade de todos os adultos do mundo com idade entre 18 a 34 anos.

No Brasil, o Facebook tem uma penetração de 69% da população e nós estamos em quarto no ranking com maior número de usuários, com 120 milhões de usuários conectados.

Diante de todos esses números, é inegável a força do Facebook. Apesar de outras redes sociais terem surgido, ele continua como uma das mais importantes – e, portanto, fundamental em qualquer estratégia social.

Recursos oferecidos pelo Facebook

  • Divulgar e compartilhar conteúdo relevante, seja ele produzido dentro ou fora do Facebook.
  • Anunciar sua marca, produtos e novidades por meio do Facebook Ads — plataforma de anúncios pagos da rede.
  • Organizar e gerenciar eventos.
  • Postar fotos, infográficos, dados e pesquisas.
  • Incentivar discussões, compartilhamentos, opiniões e engajamento dos usuários.
  • Conversar diretamente com os usuários, para tirar dúvidas e resolver problemas.

Além disso, toda essa gama de possibilidades pode ser melhor explorada, por meio da ferramenta de impulsionamento de postagens que o Facebook oferece. Por meio dela, é possível fazer com que o seu conteúdo ganhe destaque para os usuários. Inclusive permitindo que ele seja exibido para internautas específicos, que podem ser separados por gênero, idade, localização e até tipo de conteúdo que acessam.

O Facebook possui ainda ferramentas para acompanhar métricas importantes, como o engajamento dos usuários com determinados conteúdos, postagens mais acessadas, novos “curtidores” e alcance das publicações. Dessa forma, ele facilita o trabalho de monitoramento das empresas.

2- TikTok

O TikTok foi, sem dúvida, uma das principais redes sociais em 2019 – com números expressivos chegando às manchetes de diferentes veículos de comunicação.

De acordo com uma pesquisa da AdAge, o TikTok conta, hoje, com uma média de 800 milhões de usuários ativos mensais. Porém, 500 milhões, ou seja, mais de 60% do total, ainda são chineses. O que significa em torno de 300 milhões de usuários mensais ativos vivendo em outros países.

Dados mais recentes trazidos pelo App Annie sugerem que os chineses respondiam por 80% do tempo total gasto no TikTok em 2019 – enquanto os usuários da Índia respondiam por mais de 10% desse total.

Independentemente das discrepâncias de dados entre os países, o TikTok ocupa a sexta posição no ranking global dos aplicativos móveis por usuários ativos mensais em 2019, ainda estando atrás de Facebook, WhatsApp, WeChat e Instagram.

Durante a pandemia, contudo, o número de usuários do TikTok cresceu absurdamente. De acordo com a revista Forbes, só nos 3 primeiros meses de 2020, o TikTok bateu recorde de downloads na Apple Store e Google Play – e com a forte presença das celebridades, os números só aumentaram.

Apesar disso, o TikTok não revela o número de usuários mensais ativos na plataforma.

Para as empresas, contudo, essa é uma excelente oportunidade, especialmente para quem trabalha com público mais jovem, que é o principal presente na rede social. Essa é uma oportunidade de desenvolver uma presença marcante em uma rede ainda em fase de crescimento – e, portanto, com mais oportunidades de alcance.

3- Twitter

O Twitter é uma das redes sociais mais usadas por empresas graças as inúmeras possibilidades que a rede apresenta, promovendo o diálogo instantâneo entre a marca os usuários.

A rede social nasceu em 2006, mas até hoje mantem a sua essência, com postagens curtas, rápidas e de leitura fácil. Em uma navegada, você poderá descobrir tudo o que está ocorrendo e sendo discutido de mais importante no Brasil e no mundo.

Nesse canal, a sua empresa poderá compartilhar conteúdo de maneira prática e, assim, criar discussões engajadoras. Se os usuários gostarem do que for publicado no seu perfil, terá chances de ver suas postagens sendo retuítadas, aumentando ainda mais o alcance da sua mensagem.

A pesquisa We Are Social revelou que o Twitter conta com 339,6 milhões de usuários em todo o mundo. Os dados compilados pela Cuponation colocam o Brasil como o sexto em número de usuários, com 8,2 milhões de pessoas.

Uma das características mais atrativas da rede é a capacidade de construção de relacionamento com os usuários. Nela, é possível direcionar tweets, responder e engajar outros internautas de forma bastante receptiva, pois a pessoa que lhe segue está, de fato, interessada no seu conteúdo.

Para as empresas, o Twitter pode ser usado de diferentes maneiras como: SAC, viralizar vídeos e imagens, interação com outros negócios e usuários, acompanhar as menções à empresa, realização de ações conjuntas com influenciadores digitais etc.

4- Instagram

personalizar-gifs-instagram-stories

Rede social favorita dos blogueiros, artistas e influenciadores digitais, o Instagram é um verdadeiro trendsetter para seus usuários. A rede de compartilhamento de fotos, que começou em 2010, já é a segunda em número de internautas no mundo e não para de incorporar novidades à sua plataforma.

O Instagram começou como uma plataforma mobile de compartilhamento de fotos padronizada, que permitia aos usuários comentar e curtir as fotos do amigos. Muito da essência ainda se manteve, mas criando possibilidades, como a postagem de vídeos e pequenas animações — conhecidas como “Boomerang”. Posteriormente, foi também incorporada uma ferramenta de vídeos instantâneos, o Instagram Stories e, mais recentemente, as transmissões ao vivo, com o IGTV.

Além disso, por meio do Instagram, essas novidades são promovidas por aqueles que podemos chamar de influenciadores digitais: blogueiros, modelos, atrizes, atletas e até mesmo socialites — Kim Kardashian que o diga! Entre outros usos, o Instagram também é ótimo para promover negócios locais, principalmente do mercado do entretenimento, como bares, restaurantes, pubs e hamburguerias.

Estilistas, fotógrafos, tatuadores e outros profissionais que precisam divulgar o seu trabalho também utilizam o Instagram como um portfólio aberto ao público. Assim, o Instagram é uma ótima oportunidade para empresas, empreendedores e produtores de conteúdo terem contato com seus usuários, mostrarem o seu trabalho e engajar os seguidores.

Atualmente, de acordo com os dados do We Are Social, o Instagram conta com 928,5 milhões de usuários. O Brasil ocupa o terceiro lugar no ranking dos países com mais usuários, com 77 milhões de pessoas conectadas.

Outro dado interessante é que, no último trimestre de 2019, o Instagram teve um volume de interações 20 vezes maior que o Facebook, de acordo com o relatório da SocialBakers. E, quando o recorte trata dos 50 maiores perfis de marcas, o Instagram tem um público maior que o Facebook.

A mesma pesquisa também revelou que os investimentos em anúncios no Instagram cresceram 40% – o que mostra que os anunciantes estão procurando alternativas além do feed do Facebook.

5- Pinterest

O Pinterest nasceu como uma rede social tímida, mas, em época de pandemia, viu seu número de usuários aumentar significativamente. De acordo com a Revista Forbes, em julho de 2020, o Pinterest atingiu a marca dos 400 milhões de usuários ativos por mês.

A rede foi criada por Evan Sharp, Ben Silbermann e Paul Sciarra no início de 2010. Um dos grandes trunfos do Pinterest, sem dúvida é a avaliação positiva por parte dos usuários. Uma pesquisa realizada pela Talkshoppe, mostrou que mais de 91% dos usuários acreditam que o Pinterest é um local positivo, enquanto 9 em 10 pessoas dizem que a plataforma é inspiradora, fornece ideias para suas vidas e os ajuda a alcançar seus objetivos.

O estudo ainda revelou que 89% dos usuários diziam se sentir mais empoderados na plataforma e 83%, mais confiantes. Quando comparada com as outras redes sociais, apenas 49% disseram sentir confiança nelas. Para 64% dos usuários, o Pinterest é o local para buscar ideias, produtos e serviços que sejam confiáveis.

O Brasil é um dos países que mais cresce em número de usuários e interações. Diariamente, mais de 9 milhões de ideias são salvas na plataforma pelos brasileiros que somam mais de 38 milhões de contas ativas.

Por tudo isso, o Pinterest desponta como uma rede social alternativa e interessante para as empresas, que podem criar pastas inspiradoras, divulgar seus produtos e serviços e aproveitar para criar uma relação diferenciada com os seus clientes.

6- YouTube

De acordo com os dados do We Are Social, o Youtube conta com 2 bilhões de usuários em 2020, mostrando a forma dessa plataforma que nasceu nos meados dos anos 2000 como uma ferramenta de upload de vídeos.

Os cálculos da pesquisa estimam que cerca de 3 bilhões de pessoas assistem a pelo menos um vídeo do YouTube por mês (o próprio YouTube registra 2 bilhões de espectadores conectados por mês).

Outro dado surpreendente do YouTube é o número de acessos que ele recebe. De acordo com os dados reunidos pela Alexa, o YouTube é o segundo site mais acessado no Brasil e no mundo, perdendo apenas para o Google.

E isso não é por acaso, já que no YouTube você encontrará praticamente de tudo, de aulas a vídeos de gatinhos, dicas de beleza, músicas, trailers e produções exclusivas pensadas para esse rede, além de canais incríveis de youtubers de diferentes áreas.

Para os anunciantes, também existem pontos positivos, já que o site oferece ferramentas para mensurar as visualizações e o alcance da publicidade, algo que é bem limitado na televisão, além de oferecer mais interatividade e permitir que anúncios de interesse sejam exibidos para os usuários.

Não é só nos anúncios que as empresas participam do Youtube. As possibilidades são diversas e variam de acordo com o objetivo e o público.

Outra prática comum é criar canais com temáticas relevantes para os possíveis clientes da empresa, como um canal de culinária para uma empresa de alimentos, por exemplo! O segredo do Youtube é inovar com qualidade técnica e, principalmente, conteúdo para os espectadores

7- LinkedIn

Linkedin paga Negócios

O LinkedIn é, sem dúvida, a rede social mais usada quando o assunto é networking. Os dados do We are Social de 2020 mostram que o LinkedIn conta com 663,3 milhões de usuários – e o Brasil ocupa o quarto lugar no ranking dos países com mais usuários, com 39 milhões de pessoas.

Quando bem usada, a rede é capaz de ajudar a sua empresa a conquistar mais reconhecimento no mercado, tanto por outros profissionais como instituições. Para isso, os grupos e o diálogo é fundamental, bem como o conteúdo estratégico sobre sua área de interesse.

Outra possibilidade interessante de uso do LinkedIn é nos processos de recrutamento e seleção, pois você consegue fazer uma busca específica por área de atuação, especialidades, experiência na área ou localização.

Principais insights sobre os consumidores e usuários nas redes sociais

Além de trazer os dados sobre as redes sociais mais usadas, a pesquisa We Are Social ainda relata alguns insights interessantes sobre os usuários e consumidores.

De acordo com ela:

  • para todos os compradores online entrevistados, entre 16 a 64 anos, os mecanismos de busca são a primeira escolha quando eles estão pesquisando ativamente marcas, produtos e serviços para comprar;
  • no entanto, os usuários mais jovens são mais propensos a recorrer às mídias sociais quando estão pesquisando marcas e produtos, e as redes sociais já ultrapassaram os mecanismos de buscas como método mais popular de pesquisa online para as pessoas de 16 a 24 anos;
  • o papel da mídia social na jornada de compra continua se expandir, com 43% dos usuários de todo o mundo com idade entre 16 e 64 anos relatando que usam as redes sociais ao pesquisarem itens para comprar.

Conclusão

As mídias sociais continuam a crescer dentro da jornada de compra dos usuários, auxiliando as pessoas a descobrirem novas marcas, produtos e serviços e a se relacionarem melhor com as empresas. Por isso, entender quais são as redes sociais mais usadas e marcar uma forte presença nelas é fundamental.

Mais do que pensar em estratégias ou ações virais isoladas, contudo, a dica e a tendência que se tem notado de acordo com as pesquisas mais recentes, é tentar satisfazer os desejos dos seus clientes/usuários. Entender as pessoas que o seu negócio deseja captar e desenvolver bons conteúdos para elas ainda é a fórmula do sucesso, independentemente de qual tecnologia você esteja usando no momento.

E, embora isso pareça simples, na verdade exige bastante pesquisa e conhecimento – e nesse caso as redes sociais também podem ajudar, já que trazem dados interessantes sobre o comportamento dos usuários, guiando o seu negócio para estratégias mais acertadas.

Agora você já sabe quais são as redes sociais mais usadas em 2020? Aproveite e baixe o nosso checklist para uma campanha de sucesso no YouTube e alcance resultados ainda melhores!

Fontes de pesquisa

Global Web Index: www.smartinsights.com/social-media-marketing/social-media-strategy/new-global-social-media-research/

Global Digital Overview: wearesocial-net.s3.amazonaws.com/uk/wp-content/uploads/sites/2/2020/01/10-Social-Media-Daily-Time-%E2%80%93-DataReportal-Digital-2020-Global-Digital-Overview-Slide-92.png

We are Social: wearesocial.com/blog/2020/01/digital-2020-3-8-billion-people-use-social-media

e

wearesocial.com/digital-2020

Ad Age: adage.com/article/tech/leaked-pitch-deck-reveals-how-tiktok-trying-woo-brands/2205906%20target=

Revista Forbes (TikTok): www.consumidormoderno.com.br/2020/06/19/tiktok-popular-pandemia/

Cuponation: www.tecmundo.com.br/redes-sociais/144654-brasil-10-paises-usuarios-twitter.htm

SocialBakers: www.techtudo.com.br/noticias/2020/03/instagram-supera-facebook-em-numero-de-interacoes-pela-primeira-vez.ghtml

Revista Forbes (Pinterest): forbes.com.br/forbes-insider/2020/07/exclusivo-pinterest-chega-a-400-milhoes-de-usuarios/#:~:text=O%20Pinterest%2C%20rede%20social%20de,milh%C3%B5es%20de%20usu%C3%A1rios%20ativos%20mensais.

Alexa: www.alexa.com/topsites

Mini Logo Ingage

Agência referência
de marketing digital

Somos especialistas em trabalhar com empresas de vendas complexas B2B.

Conheça a Ingage
Mini Logo Ingage

Receba uma
proposta comercial

Soluções personalizadas com foco no relacionamento e retorno financeiro para nossos clientes.

Fale com um consultor
Personagem Newsletter

Gostou do texto?

Não perca o nosso próximo artigo! Inscreva-se em nossa newsletter.

Obrigado por se inscrever!