8 Formas Simples De Aumentar o ROI de Campanhas de Marketing

Isabela Rezende
Isabela Rezende - 7 de outubro de 2016

roi-campanhas-marketing-digital-como-calcular.jpgROI é a sigla utilizada para indicar o retorno obtido para uma determinada ação. Seu principal objetivo é identificar quais táticas são mais eficazes e geram retornos mais positivos para sua empresa.

A fórmula utilizada para calcular o ROI  é a seguinte:

ROI = (Ganho obtido – Investimento inicial) / Investimento inicial

Um dos principais desafios para as empresas é justamente manter esse quesito o mais alto possível, pois isso é uma garantia de aumento na sua lucratividade.

Apesar de possuir uma fórmula que determina o seu valor, não há nenhuma mágica para fazer com que ele suba. Para atingir resultados elevados, é necessário se dedicar à otimização de campanhas, considerando diversos fatores específicos para cada estratégia.

No post de hoje, separei algumas dicas valiosas que vão ajudar a manter uma boa estratégia com foco no aumento do seu ROI.

COMO AUMENTAR O ROI DE CAMPANHAS DE MARKETING

como-aumentar-roi-campanha-marketing-digital.jpg

1) Classificação de Leads

Obter bons leads para realizar suas abordagens de marketing é uma tarefa razoavelmente complicada se você não souber como filtrá-los.

Não adianta possuir na sua base os e-mails de todos os advogados do país se a sua empresa trabalha com lingerie, por exemplo. É bem provável que seu retorno seja muito baixo, afinal o público impactado não tem um perfil de compra do seu produto.

Veja a seguir duas maneiras de atrair e segmentar públicos específicos:

  • Landing Pages: muito utilizadas pelos empreendedores digitais no lançamento de seus produtos, as landing pages são uma excelente forma de atrair um público interessado em determinado produto.

Uma loja de roupas pode criar uma landing page para divulgar as principais tendências da moda lançadas na SPFW em troca dos seus e-mails, por exemplo. Assim, ela terá uma base de interessados para enviar uma newsletter com ofertas desses mesmos itens.

  • Materiais promocionais: ainda no exemplo da loja de roupas, imagine que, ao invés de trabalhar com vídeo, você pode desenvolver um e-book com dicas de etiqueta e vestuário para eventos de gala.

Mais uma vez, a pessoa deixa o e-mail para ter acesso ao material, dando a entender que está precisando dessas informações e que talvez precise de trajes a rigor em breve. A segmentação amplia significativamente as chances de conseguir vender para esses leads, visto que o interesse por um produto específico já foi demonstrado.

2) Nutrição de prospectos

As pessoas nem sempre sabem do que precisam, e muitas vezes isso ocorre por desconhecerem as soluções disponíveis.

Após coletar as informações dos seus clientes, é essencial que você tenha preparado uma sequência de pelo menos 3 e-mails. Isso servirá para alimentar seus leads com informações relevantes acerca dos itens que eles manifestaram interesse.

Não se esqueça também de incluir calls to action (CTAs) irresistíveis para conseguir levá-los até a próxima etapa do funil de vendas.

3) FAÇA TESTES A/B

A cada nova campanha criada, deve-se selecionar uma porcentagem dos e-mails para realizar testes A/B. As variáveis escolhidas podem ser o e-mail de envio, as imagens utilizadas, o CTA, o título da mensagem, entre outros aspectos.

Mas lembre-se: é preciso testar uma abordagem de cada vez para descobrir exatamente em qual das opções o retorno foi melhor. Continue testando as outras variáveis até encontrar a melhor maneira de impactar seus leads.

4) Layout otimizado

Para obter uma avaliação positiva do cliente, é necessário que ele consiga compreender a mensagem. Isso não irá ocorrer se o e-mail enviado estiver completamente desconfigurado, pesado ou não adaptado ao tipo de aparelho que ele está utiliza para visualizar a mensagem.

Fazer uso de layout responsivo é a escolha mais eficiente nesse quesito, contribuindo para uma experiência mais agradável para o cliente. Com isso, você garante que ele receba o conteúdo da forma correta e, se estiver realmente pronto, ele irá seguir até a próxima etapa.

5) Promoções segmentadas

A segmentação é a palavra-chave na otimização de ROI. Nesse sentido, uma estratégia que pode gerar bons frutos é monitorar os leads menos ativos no seu banco de dados, segmentando seus interesses e desenvolvendo promoções específicas.

Com essa tática é possível energizar novamente seus clientes inativos, reduzindo a rejeição. Desperte neles o interesse em adquirir seus produtos com ofertas irresistíveis!

6) ROI e KPI’s

As KPI’s (do inglês Key Performance Indicator), ou indicadores chave de desempenho, servem para determinar o sucesso de uma ação específica a curto ou longo prazo: produtividade, vendas, custos, etc. O ROI é uma espécie de KPI.

Crie KPI’s para avaliar como as ações de marketing que vem desenvolvendo estão surtindo efeito junto aos clientes. Uma opção interessante é estabelecer uma métrica para identificar os clientes com ROI mais alto por segmento.

Uma empresa que comercializa roupas e acessórios masculinos, por exemplo, pode utilizar esses dados para identificar se o público é mais ativo quando as campanhas têm foco em camisas gola polo ou sapatos esportivos. Ao saber que a segunda opção tem maior saída, o ideal é investir no desenvolvimento de campanhas ainda mais otimizadas para esses leads.

7) PRODUZA CONTEÚDO EVERGREEN

Evergreen é uma expressão em inglês que significa, literalmente, “sempre verde” — ou seja, algo que está sempre na moda, que não se desgasta facilmente com o tempo.

Produzir conteúdo com essa característica reduz o seu custo com ações promocionais, já que é um material que se perpetua, atraindo novos leads não só no momento em que foi lançado, mas sempre que houver uma nova busca pelo assunto.

8) INVISTA EM AUTOMAÇÃO DE MARKETING

Todas as técnicas citadas acima podem ser feitas em parte manualmente ou automatizadas. Atualmente, existem ferramentas capazes de identificar com facilidade essas variáveis, indicando as melhores estratégias para extrair resultados superiores.

A prática é conhecida como lead scoring, ou pontuação do lead, em tradução livre. O software atribui, de forma automatizada com base em informações previamente estabelecidas por você, uma pontuação para cada um dos seus leads.

O auxílio do lead scoring pode contribuir expressivamente no aumento do ROI da sua empresa: por meio dele, é possível descobrir quais clientes estão mais propensos a dar o próximo passo na jornada para adquirir seus produtos ou serviços.

Agora que você já sabe o que é ROI e como aumentar seu desempenho, que tal continuar aprendendo sobre o assunto? Confira nosso artigo 6 estratégias para aumentar o ROI usando o e-mail marketing e fique por dentro das melhores práticas do mercado digital!